Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2019

TV LINHAÇA - PROCURADORES REVELAM AUTORITARISMO DE SÉRGIO MORO

Novas mensagens revelam que o juiz Sérgio Moro tinha poder centralizador na Operação Lava Jato e mostram críticas à sua aceitação em se tornar ministro da Justiça  de Jair Bolsonaro.

THE INTERCEPT FAZ PARCERIA COM VEJA PARA NOVIDADES DA "VAZA JATO"

É polêmica a iniciativa de Glenn Greenwald de recorrer à mídia convencional para divulgar novas notícias sobre o escândalo da Vaza Jato.

Ele sabe que existem riscos, mas creio que ele preferiu agir assim para furar a bolha da mídia alternativa, atingindo o público em geral.

Depois das parcerias com Reinaldo Azevedo, da Band News FM, e com a Folha de São Paulo, é a vez de Veja se envolver na cobertura do escândalo.

A novidade está por conta das testemunhas que o então juiz Sérgio Moro indicou a Deltan Dallagnol para serem usadas como acusação contra o ex-presidente Lula.

As testemunhas teriam supostamente informações sobre os negócios da família Lula, o que poderia reforçar a narrativa para condenar o petista.

A novidade é que as duas testemunhas tiveram seu nome revelado pela matéria da parceria The Intercept Brasil com a Veja.

São dois cidadãos de Campo Grande, Mato Grosso do Sul: o técnico em contabilidade Nilton Aparecido Alves, de 57 anos, e o empresário Mário César Neves, dono d…

PROVA DE QUE O "COMBATE AO PRECONCEITO" GEROU MAIS PRECONCEITO

PARA A INTELLIGENTZIA, ESCRITÓRIOS EMPRESARIAIS E COMUNIDADES POPULARES TÊM O MESMO PESO NA ELABORAÇÃO DO CANCIONEIRO BRASILEIRO.

Deu em nada toda aquela choradeira de 15 anos em prol do "combate ao preconceito", na luta desesperada para promover a bregalização da cultura popular.

Todo aquele papo, tantas monografias, grandes reportagens e documentários feitos em prol da mediocrização musical, da imbecilização temática e da degradação cultural sob a desculpa de ser "a cultura das periferias", só gerou mais preconceito.

Imaginávamos que Waldick Soriano, É o Tchan, Zezé di Camargo & Luciano e Tati Quebra-Barraco iriam trazer a revolução socialista para o Brasil.

Mas eles trouxeram o golpe de 2016, com Michel Temer, Jair Bolsonaro, com Supremo e com tudo.

Só estimularam a imbecilização dos sociopatas, que não iriam promover valentonismo (bullying) ao som de nomes como Tom Jobim.

Uma amostra que o papo de "fim dos preconceitos" para empurrar o brega-popul…

A VIAGEM QUE ABALOU O GOVERNO JAIR BOLSONARO

Um fato de extrema gravidade ocorreu ontem, somando-se à coleção de gafes, encrencas e outros incidentes negativos que marcam o governo Jair Bolsonaro.

O sargento Manoel Silva Rodrigues, de 38 anos, foi detido no Aeroporto de Sevilha, na Espanha, acusado de transportar 39 quilos de cocaína num avião reserva da Força Aérea Brasileira.

Esse avião integra a comitiva do presidente Jair Bolsonaro, segundo informações da Guarda Civil Espanhola dadas ao jornal El País.

Sevilha era a cidade de escala de uma viagem da comitiva do Governo Federal brasileiro para Osaka, no Japão, sede da reunião deste ano dos países que integram o bloco do G-20.

O avião presidencial, que iria para Sevilha, mudou sua escala para a capital de Portugal, Lisboa.

O ministério da Defesa e o presidente Jair Bolsonaro confirmaram a prisão e afirmam que irão colaborar com a investigação espanhola e, se for confirmado o crime, prometem tomar as providências legais para punir o sargento e possíveis demais envolvidos.

&quo…

EDGAR MORIN CRITICOU O PRAGMATISMO QUE VIGORA NO BRASIL

Edgar Morin, lúcido e ativo aos 98 anos de idade, visitou o Brasil há alguns dias e realizou palestras no SESC de São Paulo.

Eu vi seu documentário de 1961, Crônica de um Verão (Chronique d'un Été), e achei brilhante, e surpreendentemente mostrando jovens universitários franceses que lembram mais a juventude de 1968.

1968 começou antes de 1968. Mas isso é uma outra história.

O que se observa na entrevista recente feita pela Folha de São Paulo ao filósofo e sociólogo francês, Morin expressa sua preocupação com o "sonambulismo da humanidade".

Não vou fazer uma longa análise. Mas um rápido parecer mostra o que é a preocupação de Edgar Morin.

É algo que existe em várias partes do mundo, mas é muito típico do Rio de Janeiro: a mania de pragmatismo, que o autor define como "política da urgência e do imediato".

"Ao sacrificar o essencial pelo que é urgente, acaba-se por esquecer a urgência do essencial".

Isso fez o Rio de Janeiro degradar totalmente. A mani…

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL MANTÉM PRISÃO DE LULA

CARMEN LÚCIA E LUIZ EDSON FACHIN.
Deu na mesma. O Supremo Tribunal Federal rejeitou o pedido de habeas corpus ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e adiou o julgamento da suspeição do então juiz Sérgio Moro, denunciado por reportagens do jornal The Intercept.
Os dois pedidos foram solicitados pela defesa de Lula, encabeçada pelo advogado Cristiano Zanin Martins.
Da segunda turma do STF na votação, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski votaram pela liberdade provisória de Lula, até a conclusão da análise sobre Moro.
Carmen Lúcia, Luiz Edson Fachin e Celso de Mello votaram pela permanência de Lula na prisão.
A análise de suspeição não tem data para ser realizada, apesar da gravidade do caso.
Moro é acusado de ser chefe de procuradores do Ministério Público Federal, como demonstra as conversas divulgadas por Glenn Greenwald e sua equipe.
Glenn prestou hoje depoimento na Câmara dos Deputados sobre as revelações trazidas.
É verdade que há pendências a respeito de novas informações sobr…

SÉRGIO MORO EM SÉRIOS PROBLEMAS

Sérgio Moro passou a viver seu inferno astral.

O outrora "herói do Brasil" começou a ser denunciado com a divulgação de conversas secretas envolvendo ele e os procuradores da Operação Lava Jato pelo The Intercept.

Reforçando a propagação das notícias, o jornalista estadunidense radicado no Brasil, Glenn Greenwald, estabeleceu parcerias com a Band News FM e a Folha de São Paulo.

Isso fez furar a bolha do aparente esquerdismo na divulgação das reportagens.

E, ainda mais, complicou a vida de Sérgio Moro, que, na sabatina do Senado, na semana passada, se comportou de maneira insegura e tensa.

Sérgio Moro alegou que não lembrava de mensagens publicadas há mais tempo e apenas se limitou a dizer que algumas mensagens divulgadas "poderiam ser suas".

O ex-juiz e hoje ministro da Justiça disse que "não via autenticidade" nas mensagens, mas não teve firmeza para desmenti-las.

Ele acabou fazendo o que podemos entender como "confissão às avessas", quando a …

TV LINHAÇA - SÉRGIO MORO MANDOU TROCAR PROCURADORES NA OPERAÇÃO LAVA JATO

Revelação trazida pelo The Intercept, em parceria com Reinaldo Azevedo, da Band News FM, mostra o caráter interventor de Sérgio Moro, confirmando sua parcialidade.

ÀS VEZES ALGUMAS PESSOAS MUDAM

Há uma polêmica muito forte na empreitada de Reinaldo Azevedo e Glenn Greenwald divulgarem juntos uma nova conversa envolvendo a Operação Lava Jato.

Atualmente, Reinaldo Azevedo, que antes apresentava Os Pingos nos Is, na Jovem Pan, reeditou esse programa, com outros parceiros, na Band News FM, agora sob o nome O É da Coisa (o antigo nome ficou na JP).

A partir desse programa, as matérias do The Intercept ganham maior visibilidade, com seu trabalho difundido junto à mídia hegemônica.

A primeira notícia dada sob essa parceria é a de que Sérgio Moro teria ordenado a troca de procuradores que iriam participar da segunda audiência do ex-presidente Lula.

Isso foi revelado numa conversa entre os procuradores Deltan Dallagnol e Carlos Fernando dos Santos Lima.

Moro elogiou a procuradora Laura Tessler, mas não estava satisfeito com o desempenho dela na Operação Lava Jato.

Ela seria designada para a audiência, mas no seu lugar foram escolhidos "Júlio" e "Robinho", respecti…

TV LINHAÇA - FALHA DAS ESQUERDAS PERMITIRAM ASCENSÃO DE JAIR BOLSONARO

Mesmo sendo de esquerda, não podemos deixar de criticar as esquerdas pelos erros cometidos que permitiram o golpe de 2016 e a ascensão de Jair Bolsonaro. Um dos erros cometidos está no âmbito da cultura. Entendam melhor ouvindo o vídeo.

TV LINHAÇA - O DEPOIMENTO NERVOSO E INSEGURO DE SÉRGIO MORO NO SENADO

Sérgio Moro passou boa parte do dia depondo sobre as infrações contidas nas gravações reveladas pelo The Intercept. Sem ser convincente e demonstrando nervosismo e insegurança, Moro tentou desmentir tais acusações sem argumentos consistentes e fugindo de muitas questões.

TV LINHAÇA - OPERAÇÃO LAVA JATO SE RECUSOU A INVESTIGAR FHC

Em mais uma revelação trazida pelo jornal The Intercept, Sérgio Moro e Deltan Dalagnol se empenharam em evitar que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fosse investigado pela Operação Lava Jato, já que o também sociólogo apoiava essa iniciativa.

Entre as acusações de FHC está um suposto esquema de propina envolvendo a Odebrecht (que agora está em processo de recuperação judicial), sob o pretexto de financiar as palestras do Instituto que leva o nome do tucano.

A revelação foi dada no dia de aniversário de 88 anos de FHC e comprova o caráter parcial e seletivo da Operação Lava Jato.

A PREOCUPAÇÃO DE SÓSIA DE SIMON MONJACK COM A CRIMINALIZAÇÃO DA LGBTFOBIA

POUCOS PERCEBERAM, MAS MARCO FELICIANO LEMBRA O FALECIDO PRODUTOR INGLÊS SIMON MONJACK.

Vários fatos ocorreram nesta semana em que esperamos novas revelações de Glenn Greenwald sobre o escândalo da Vaza Jato.

Difícil mencioná-los de maneira corrida, mas vamos lá.

O deputado federal e pastor evangélico Marco Feliciano tentou argumentar sua indignação com a aprovação, pelo Supremo Tribunal Federal, da criminalização da LGBTFobia. Disse ele:

"Por anos nós lutamos no Congresso Nacional, nós debatemos o assunto, fizemos audiências públicas, e agora que estávamos criando uma lei que pudesse amparar a todos os interessados o STF quebra um acordo feito conosco (com a Bancada Evangélica), pois eles prometeram. Esse tal discurso de ódio é tão vago que nós cristãos estaremos em constante perigo… as disparidades de interpretação atingirão de morte os nossos púlpitos".

Uma curiosidade que poucos percebem é que Marco Feliciano é sósia do falecido viúvo da saudosa Brittany Murphy, o produto…

ISTO É E O TÍTULO VISUALMENTE AMBÍGUO SOBRE SÉRGIO MORO

Reacionária, a revista Isto É se destacou, negativamente, por uma tirada que soa visualmente ambígua.

Diante da repercussão das denúncias de Glenn Greenwald envolvendo Sérgio Moro e Deltan Dallagnol - na verdade, um aperitivo para o chumbo grosso que vem por aí - , sabe-se que o ex-juiz e hoje ministro de Jair Bolsonaro está em um grande inferno astral.

Rumores surgem de que Sérgio Moro pretende acionar a Polícia Federal para fechar o jornal The Intercept, pelo menos a sua filial brasileira.

Nesta hipótese, Glenn Greenwald terá que ser extraditado.

Se isso for o caso, o deputado federal David Miranda, marido do jornalista, terá também que sair do Brasil com os dois filhos do casal.

David Miranda já é substituto de Jean Wyllys, que renunciou ao mandato e vive fora do Brasil.

Glenn já está sendo ameaçado de morte, assim como David e a família, por conta das denúncias divulgadas.

Milicianos apoiam o governo Jair Bolsonaro, e, por associação, o ministro Sérgio Moro.

Só que fechar o The I…

TV LINHAÇA - A FATALIDADE DO CIGARRO

Em várias capitais, como Porto Alegre, São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro, é lamentável o grande número de fumantes que ignoram estarem abreviando suas próprias vidas.

Esse é um alerta também para Niterói, que já foi, num passado recente, considerado "Quarto Maior IDH do Brasil", mas que tende a ter outra "façanha" negativa, a de reduzir a expectativa de vida de seus cidadãos por causa da teimosia arrogante de seus fumantes, que são muitos.

O REACIONARISMO DE UM MOTORISTA TENTOU MAS NÃO COMBATEU OS PROTESTOS CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

A covardia de um motorista reacionário tentou combater um protesto pacífico na altura do Hospital Universitário Antônio Pedro, em Niterói, ontem de manhã.

Foi a manifestação niteroiense contra a Reforma da Previdência, acompanhando as manifestações pelo resto do Brasil.

Os protestos ocorreram em função da greve geral que deu ponto facultativo para várias profissões, dispensou as atividades escolares e paralisou a maior parte do transporte coletivo nas cidades brasileiras.

Foi um sucesso. Nem tanto um sucesso de mídia, como na manifestação de 15 de maio passado, mas um sucesso comparável ao do dia 30 de maio, fracasso de mídia, sucesso de público.

O reaça que, com seu carro vermelho, ironicamente, avançou contra os manifestantes quando se dirigia da Rua Djalma Dutra para a Rua Princesa Isabel.

Conheço as ruas homônimas em Salvador. A Djalma Dutra fica em Sete Portas, e a Rua Princesa Isabel (que é homônima, também, de uma avenida em Copacabana), no bairro da Graça.

Vários manifestante…

TV LINHAÇA - BRASIL NA VÉSPERA DA GREVE GERAL DE 2019

Fatos que ocorreram na véspera da Greve Geral que será realizada contra a Reforma da Previdência, mas que ocorrerá também por impulso do escândalo de Sérgio Moro e da Operação Lava Jato.

TV LINHAÇA - SÉRGIO MORO E DELTAN DALLAGNOL NÃO FORAM HACKEADOS, AFIRMA TELEGRAM

A revelação do aplicativo de mensagens Telegram só faz complicar a situação de Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, cujas conversas secretas indicam atuação tendenciosa e parcial da Operação Lava Jato. A informação foi dada pelo jornalista Pepe Escobar, do Brasil 247 e do Asia Times.

TV LINHAÇA - A DECADÊNCIA DOS SOCIOPATAS E DOS FASCISTAS VIRTUAIS DA INTERNET

As crises e decadências de valores e das próprias personalidades mostram o declínio dos fascistas digitais que durante anos exerciam sua supremacia na Internet.

O escândalo envolvendo Sérgio Moro e Deltan Dallagnol é um reflexo da queda dos símbolos cultuados pela "nação reacionária" das redes sociais.

TV LINHAÇA - MÍDIA HEGEMÔNICA PROTEGE SÉRGIO MORO E DELTAN DALLAGNOL

A grande mídia tenta abafar o escândalo do vazamento de conversas dos dois principais membros da Operação Lava Jato, classificando-os como "vítimas" e dizendo que o assunto "não tem importância", apesar da grande relevância do assunto e das graves repercussões que novas informações podem ainda provocar.

FORTE ESCÂNDALO ENVOLVE SÉRGIO MORO E DELTAN DALLAGNOL NA LAVA JATO

Os pretensos "heróis de 2016" estão envolvidos em um grande escândalo.

O jornalista Glenn Greenwald, correspondente do The Intercept, responsável por divulgar o caso Edward Snowden, que vazou documentos secretos da CIA, está à frente de mais uma tarefa.

Glenn recebeu de uma fonte anônima um farto material.

Nele há desde conversas secretas entre o procurador Deltan Dallagnol, do Ministério Público Federal, e o então juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, até documentos e áudios envolvendo eles e outros poderosos envolvidos.

O escândalo é revelado poucos dias depois da notícia de que a Lava Jato espionou as atividades dos advogados de defesa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

As denúncias são graves e podem abalar os bastidores do golpe político de 2016 que resultou, depois de várias etapas, no governo Bolsonaro, do qual Moro é um de seus ministros mais destacados.

Os dados, aparentemente, teriam sido colhidos pela hackeagem do celular do hoje mi…

TV LINHAÇA - POR QUE O "FUNK" NÃO PODE SER DE ESQUERDA?

Vídeo explica por que o ritmo popularesco é um reflexo da sociedade conservadora em que vivemos.

LAVA JATO FEZ ESCUTA ILEGAL DOS ADVOGADOS DE LULA

Uma grave denúncia envolve o hoje ministro da Justiça Sérgio Moro.

Trata-se de um relato do ex-membro da equipe de advogados de defesa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, Pedro Henrique Viana Martinez.

Martinez viu na 13ª Vara Criminal de Curitiba relatórios da Operação Lava Jato que foram produzidos a partir de escutas telefônicas de conversas gravadas ilegalmente no ramal-tronco do escritório Teixeira Martins & Advogados.

Segundo Martinez, foram 14 horas de conversas gravadas.

Ele acrescenta que cada conversa era identificada separadamente nos relatórios, sendo que até o tempo de duração era registrado de cada diálogo.

Martinez ainda cita que cada relatório tinha uma última coluna, na qual eram escritos comentários de análises da Polícia Federal a respeito da respectiva conversa.

A interceptação é considerada ilegal, pois, conforme determina o Estatuto da Advocacia, como direito garantido ao advogado (Art. 7º, II da Lei 8.906, de 04 de julho de 1994):

"a inviolabil…

PETROBRAS COMEÇA A PERDER O GÁS

O Supremo Tribunal Federal ainda não permitiu que a venda das estatais acontecesse, sem licitação nem aval do Congresso Nacional, nos casos de perda de controle acionário.

Mas a autorização para venda, sem tais condições, de subsidiárias, já é um caminho para a privatização.

Duas semanas atrás, o ministro Luís Edson Fachin suspendeu a venda que havia sido efetivada da Transportadora Associada de Gás (TAG), subsidiária da Petrobras, para um consórcio encabeçado pela francesa Engie.

Mas a discussão no STF foi retomada e Fachin e Ricardo Lewandowski foram os únicos a serem contra a flexibilização de regras.

Com a flexibilização, as subsidiárias podem ser vendidas, ceifando aos poucos o patrimônio das empresas estatais brasileiras.

A situação ainda não estava fechada, até a edição deste texto.

A medida interessa ao presidente Jair Bolsonaro e ao seu ministro da Economia, Paulo Guedes.

Guedes quer que privatize o máximo possível para que o Brasil fique sem as próprias riquezas.

As desculp…

O "POPULAR DEMAIS" NO RITMO DOS TEMPOS PÓS-2016

Passou a ressaca do "combate ao preconceito" que só gerou mais preconceito, as esquerdas ainda têm que parar para pensar sobre o apoio às tendências brega-popularescas.

Começam a se acostumar, ao menos, com o fato de que "sertanejos" e apresentadores policialescos mergulharam fundo no bolsonarismo.

Em 2012, havia essa dúvida e o pensamento desejoso pensava que os "sertanejos" representavam o pequeno agricultor e a mídia policialesca, o jornalismo investigativo das periferias.

Grande engano.

Toda a campanha pelo "fim do preconceito", para aceitar a "ditabranda do mau gosto" popularesca, só deu em mais retrocessos sociais.

Afinal, não dá para romper o preconceito de expressões que já abordavam o povo pobre de maneira preconceituosa.

Não dava para acreditar nessa falácia. Eu nunca acreditei. Mas como eu não tinha visibilidade e, nessa época, intelectuais "bacanas" eram aplaudidos até quando tossiam, o discurso deles prevaleceu.

A QUE NÍVEL ESTÁ O RADIALISMO ROCK?

O radialismo rock está em crise desde os anos 1990.

É claro que essa crise não parece evidente, para muitos. Mas ocorria e continuava ocorrendo.

Mesmo quando grunge, poser, poppy punk e o "rock engraçadinho" brasileiro faziam sucesso e as rádios autoproclamadas "rock" pareciam ter grande audiência, o segmento estava decadente.

Nos anos 1990, rock era coisa de roqueiro, sim, mas fora da mídia. Dentro da mídia, rock era coisa de comediantes ou apresentadores mauricinhos. Meio Pânico na Pan, meio Luciano Huck.

Embora essas rádios vendam uma falsa imagem de "roqueiras" até em revistas como Rock Brigade ou em portais como o Whiplash, elas nunca passaram de meras rádios pop convencionais, que apenas tinham o rock como opção exclusiva do "vitrolão".

No caso da Rádio Cidade, não é a Política da Boa Vizinhança iniciada pelo aval da mídia musical séria como Internacional Magazine e consagrada pela complacência dos herdeiros da Maldita (Maldita 3.0 e Cult…

O CASO NEYMAR E A QUESTÃO DA VIDA AMOROSA

Um novo escândalo envolve o ídolo de futebol Neymar Jr., da Seleção Brasileira de Futebol e que, na Europa, é craque do time francês Paris Saint Germain.

Ele é acusado de suposto estupro e exposição de fotos íntimas de uma mulher que está acusando o atleta de tais crimes.

O caso está sob investigação e eu mesmo não tive tempo ainda de estar a par da situação.

A moça acusa o jogador de tê-la agredido, de ter violado a privacidade dela com as fotos íntimas e um laudo médico indicou supostos hematomas e traumatismos superficiais.

Mas ainda não se pode dizer que Neymar é culpado. Também pode ser uma armação da moça contra ele. O caso ainda vai dar o que falar, e nada ainda é considerado plausível.

O apresentador José Luiz Datena, bolsonarista e acusado de assediar uma repórter, defendeu Neymar e, em contrapartida, expôs a vítima (que não podia ter seu nome revelado) e a desmoralizou, em outra atitude que ocorre ao arrepio dos inquéritos da Justiça, num episódio ainda sob investigação.

O …

TV LINHAÇA - A DERROTA DO BOLSONARISMO EM IGUABA GRANDE

Depois que Jair Bolsonaro, um subproduto do pragmatismo fluminense dos últimos 25 anos, foi eleito presidente da República, Rio de Janeiro vê sua primeira derrota eleitoral ocorrer no interior, em Iguaba Grande, na Região dos Lagos.

TV LINHAÇA - MÍDIA ANACRÔNICA

A grande mídia não consegue acompanhar a contemporaneidade da sociedade e segue uma conduta ao mesmo tempo conservadora e anacrônica, sobretudo no que se diz à cobertura política.

TV LINHAÇA - A DESASTRADA ATUAÇÃO DO MINISTRO ABRAHAM WEINTRAUB

O ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro, Abraham Weintraub, impõe cortes de gastos à Educação pública, revoltando o Brasil e caindo no ridículo ao tentar explicar as medidas da forma mais patética possível.