Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

VALE A PENA HAVER TANTOS TRIBUTOS E REGRAVAÇÕES'?

Recentemente, foi anunciada a participação do projeto conhecido como Queen com a participação do ex-calouro do American Idol, Adam Lambert, como vocalista. O projeto já está em turnê em várias partes do mundo e está cotado para se apresentar no Rock In Rio deste ano, a ser realizado em setembro deste ano, no mesmo Rio de Janeiro que celebra os 30 anos do primeiro evento.

O Queen propriamente dito se apresentou no Rock In Rio de janeiro de 1985, para resolver uma dívida de uma vinda anterior, que limitou as apresentações do grupo a São Paulo, três anos antes. O carismático Freddie Mercury empolgava as plateias brasileiras principalmente quando tocou a então pouco conhecida "Love of My Life", de 1975, fazendo o público cantar sozinho parte do refrão.

Mas Freddie, em 1991, faleceu devido aos sintomas da AIDS, e o Queen praticamente acabou. O grupo reduziu-se, hoje, a uma banda-tributo conduzida pelos próprios remanescentes. Até pouco tempo atrás, era só o guitarrista Brian May…

É GRAVE: RÁDIO "DE ROCK" SE RECUSA A DIVULGAR NOVO DISCO DOS TITÃS

TITÃS, NA FORMAÇÃO QUE GRAVOU O RECENTE ÁLBUM, NHEENGATU.

Um executivo de gravadora deixou vazar os vacilos que as ditas "rádios rock", mais preocupadas em criar programas de besteirol e contratar locutores "engraçadinhos", acabam fazendo em consequência de sua própria incompetência. Culpa da mídia e de muita gente que pensa que essas rádios são especializadas, mesmo sem ter pessoal REALMENTE ESPECIALIZADO.

Em artigo publicado no jornal O Globo do último dia 22, o diretor da Som Livre, Marcelo Soares, comentando uma reportagem sobre a decadência do rock na lista das 100 mais tocadas em rádios de todo o país, comentou um incidente com ele e um diretor de "uma rádio rock".

Levando em conta que a Som Livre é uma gravadora sediada no Rio de Janeiro, que há duas "rádios rock" com grande influência no país, provavelmente a emissora que ele se referiu é a Rádio Cidade, que pelo jeito continua sendo dirigida por Alexandre "As Sete Melhores da Pan&q…

CHLOE GRACE MORETZ FAZ SEU DIFERENCIAL, LÁ FORA. JÁ NO BRASIL...

Mais uma prova do provincianismo pseudo-modernoso do Brasil, cada vez mais reduzido a uma roça que pensa que vai mandar no mundo e que virou o paraíso da libertinagem, da pornografia e da corrupção.

Comparamos duas declarações, a primeira, de uma sub-celebridade brasileira de 41 anos, com filha crescida e tudo, e uma atriz norte-americana de 18 anos, e ficamos estarrecidos como a atriz mais jovem, há pouco associada ao universo infanto-juvenil, dá um banho de coerência.

Vamos primeiro para o pior. A sub-celebridade em questão, Solange Gomes, em mais uma de suas exibições físicas, dá uma declaração infeliz que mostra o seu narcisismo, sem ter outra coisa que fazer na vida.

Solange mostrou uma foto "sensual" no Insagram na qual postou o seguinte comentário, provavelmente dito a um internauta: "Eu ia até te bloquear, mas vou permitir você continuar apreciando minhas alegrias, minhas vitórias e claro meu corpinho também (risos) para que eu continue firme e forte fazendo pa…

LILY COLLINS E SUA VISÃO REALISTA SOBRE O AMOR

Como o Brasil está atrasado, parecendo uma grande roça. A atriz inglesa Lily Collins, filha do famoso músico Phil Collins, deu uma grande lição de coerência que soa como um puxão de orelha nas "solteiras de carnaval" e no hábito de muitos casais serem formados sem muita afinidade, o que estabelece seu eventual preço nas manchetes policiais.

Enquanto aqui se pensa em amor como consumismo de emoções, em que raramente se pensa em afinidades sociais - e ainda tem patetas nas mídias sociais que acham que o que vale mesmo são as diferenças, a falta de afinidade - , a declaração de Lily é de uma maturidade incrível para uma moça que já vai fazer 26 anos.

E pensar que no Brasil tem até mulher de 45 anos errando nas relações, casais se dissolvendo ao menor impulso, casais sem afinidade arrastando relação para evitar divórcios onerosos e escandalosos, sem falar das conveniências sociais que insistem em unir quem não tem afinidade e separar quem tem afinidade.

Pois a frase de Lily Col…

O PESADELO NÃO-ASSUMIDO DAS "QUENUNCAS"

A reportagem de hoje da revista Época mostra o lado dramático das mulheres que adoram beber álcool, divulgando uma pesquisa recente que as mulheres estão bebendo álcool mais cedo e bebendo mais, e a maior ocorrência está nas mulheres de classe média alta.

O caso está tão sério que é definido como uma "tempestade", devido à elevação do número de mulheres alcoolistas, um drama que, pouco tempo atrás, parecia mostrar seu lado "cor-de-rosa" por causa de uma atriz de televisão que "bebia do céu as estrelas".

O alto consumo de bebidas alcoólicas entre mulheres as torna bastante vulneráveis a doenças, além do fato de que os tratamentos tradicionais de combate ao vício não são eficientes. Para piorar, as mulheres já estão consumindo álcool na adolescência, mais do que os homens na mesma faixa etária.

Entre os casos narrados, há o de uma mulher divorciada de 42 anos, com dois filhos, um já crescido, que bebia álcool "por tédio" ou para inibir o apetite …

ROCK BRASIL PERDE RENATO ROCHA, EX-LEGIÃO URBANA

LEGIÃO URBANA, EM 1985.

Notícia das mais tristes no Rock Brasil. Foi encontrado morto, na manhã de hoje, com apenas 53 anos de idade, o ex-baixista da Legião Urbana Renato Rocha, conhecido como Billy ou Negrete, que participou de três álbuns da banda, entre 1984 e 1987.

Ele integrou a banda entre 1982 e 1988, e seu acorde mais conhecido é a introdução que Negrete fazia na música "Ainda é Cedo", um dos maiores sucessos da banda do também saudoso Renato Russo, até hoje tocada com regularidade nas rádios.

O primeiro álbum da Legião Urbana, embora algumas fontes creditem o lançamento a janeiro de 1985, na verdade foi lançado em dezembro de 1984, a data de 1985 corresponde ao início oficial do seu processo de divulgação na mídia.

O grupo não lançou álbum em 1985, se limitando a gravar uma música, "O Senhor da Guerra", só lançada em 1992 no álbum Música para Acampamentos, embora uma versão acelerada tenha sido lançada na trilha sonora do especial A Família Halley, da Re…

"PAPAI SABE TUDO" PERDEU DE VISTA A "GAROTA DO ALCEU"

No começo deste ano, um sisudo economista, de seus 62 anos, se separou de uma conhecida e belíssima jornalista de televisão. Os motivos da separação não foram anunciados para preservar a privacidade do ex-casal, mas observa-se que são as tais "diferenças irreconciliáveis", que seriam assumidas se a separação tivesse envolvido um casal dos EUA.

Nunca ficou difícil para executivos, profissionais liberais e empresários que começam a viver os 60 anos de idade viverem como os antigos "coroas" que eles conheceram e admiraram nos anos 1970. Era o estilo de vida ao mesmo tempo granfino, pedante e "comedido" dos senhores de idade que viraram seus "heróis" desde a tenra infância nos anos 1950.

Há poucos anos atrás, era a vez de um empresário e publicitário se separar de uma apresentadora de TV, por "diferenças irreconciliáveis". E outro empresário, marido de uma atriz, só pôde manter o casamento depois de uma terapia de casal que fizesse pelo m…

ROCK BRASIL AINDA ESTÁ NO FRIZER MIDIÁTICO

"RÁDIOS ROCK" CONTINUAM CONTROLADAS POR GENTE NÃO MUITO DIFERENTE DO CELSO PORTIOLLI.

Os funqueiros e "sertanejos universitários" agradecem. Se eles estão decadentes, eles adiaram a decadência para mais um tempo. Isso porque o quadro da cultura rock ainda está de mal a pior, E mais uma vez uma reportagem de O Globo reflete a mesma visão de tempos atrás.

Hoje foi publicada uma reportagem do Segundo Caderno do referido periódico que repete o que já foi dito uns meses atrás, de que o rock saiu das 100 mais tocadas do país, que o "sertanejo universitário" impera etc etc. Em outras palavras, o rock brasileiro ficou trancado no frizer midiático, sem algum lugar nobre no mercado.

Do lado "otimista", há aquele lero-lero dizendo que a 89 FM e a Rádio Cidade são "iniciativas heroicas", que "poderão contribuir" para o fim do atual ciclo e colocar o rock em alta nas rádios e no gosto popular, como nos "bons tempos".

Que "b…

EM ÉPOCA DE CRISE DA ÁGUA, AMAZÔNIA SOFRE ENCHENTE

O Brasil que acha com condições de ser "potência mundial" não consegue aprender sequer consigo mesmo. Em época de crise de água e campanhas de racionamento, a água transborda na região Amazônia.

Época de chuvas intensas na Região Norte, as águas de diversos rios inundam cidades e criam situações de emergência em várias localidades, uma prova que não falta água como recurso natural de nosso país.

O Brasil é capaz de canalizar gás até da Bolívia, mas não consegue ter uma política que possa transferir o excesso de água para irrigar o Sul e Sudeste e nem o agreste nordestino, marcado pelo histórico de regiões secas cujo solo frágil influi em terremotos e tremores de terras.

Enquanto os anti-dilmistas ficam mais preocupados em tirar Dilma Rousseff do poder, incapazes que foram de convencer a opinião pública a não votar novamente na presidenta e imprudentes diante do perfil de Michel Temer, ligado a um projeto político sem pé nem cabeça do PMDB, como possível sucessor, conforme p…

AXÉ-MUSIC ESTÁ MESMO DECAINDO EM SALVADOR

NETO LX, ÍCONE DO "ARROCHA-OSTENTAÇÃO" - CANTO DO CISNE DA MÚSICA COMERCIAL BAIANA?

A grande mídia tentou abafar, transformando o Carnaval de Salvador deste ano num grande camarote ao ar livre, e seus defensores logo inventaram que a axé-music, que celebra 30 anos, está "se reinventando". No entanto, é clara sua decadência e sua crise que criou até um clima de "bruxa solta" em vários momentos da música comercial baiana.

Acusações de sonegação fiscal e irregularidades trabalhistas envolvendo medalhões do "axé", outras de estímulo às baixarias dos ídolos "menores" - sejam axézeiros antigos e fora do topo das paradas, sejam "pagodeiros" e arrocheiros - , além de quedas de camarotes e gafes de ídolos locais, tudo isso faz com que a era da monocultura do "axé" esteja com os dias contados.

Num carnaval em que Bell Marques perdeu a cabeça por causa de um trio elétrico parado e quando Cláudia Leitte é alvo de vaias, o Psiri…

BREGA TORNA SOLTEIRAS MAIS INFELIZES

O REPERTÓRIO DE IVETE SANGALO NÃO É UMA BOA PEDIDA PARA MULHERES QUE SÃO SOLTEIRAS CONVICTAS.

Que as mulheres solteiras do Brasil, em boa parte, precisam limpar seu toca-CDs, isso é verdade. O péssimo gosto musical que muitas delas mostram nas mídias sociais, não bastassem chiliques como o fanatismo religioso e esportivo exagerados, fazem a má imagem daquelas que vivem sem um companheiro.

No auge do Orkut, virou moda as solteiras despejarem referências de Bruno & Marrone, Exaltasamba e Zezé di Camargo & Luciano, para não dizer Ivete Sangalo, cujo repertório nada tem a ver com a vida de solteiras convictas, mas tão somente à solteirice momentânea das que no fundo não passam de umas namoradeiras enrustidas.

Do sambrega ao "funk", as solteiras sujam seu toca-CDs de tal maneira que mesmo quando elas tentam argumentar que "também gostam de MPB", a coisa acaba não convencendo. Afinal, o "também" fica tendo um gosto de algo secundário, quase desprezível,…

POR QUE A FARINHA DO RIO DE JANEIRO É TÃO RUIM?

A farinha de mandioca produzida no Rio de Janeiro deixa muito a desejar. Mesmo a farinha fina ainda é grossa, e, desprovida de um sabor agradável, mais parece uma "areia comestível", que não faz diferencial nas mesas dos cidadãos.

Tudo é farinha "qualquer nota", só ganhando da farinha do Sul do país. A farinha de mandioca catarinense costuma parecer uma farinha de trigo ruim que ficou muito torrada, e que também não garante sabor nem tempero agradáveis à nossa mesa.

Experimente fritar uma farofa com a farinha de mandioca fluminense. O sabor fica insosso, uma "areia" com sal e óleo, com algum ranço de coisa queimada, como se quisesse imitar o sabor de um carvão sem ser necessariamente carvão ou alguma outra coisa queimada.

A farinha de mandioca do Nordeste, sobretudo da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco, ganham muito em sabor. A forma com que a farinha é produzida nesses Estados é, em muitas vezes, artesanal, e o sabor da mandioca é notado quando se co…

AXÉ-MUSIC VIVE DECADÊNCIA EM SALVADOR

A coluna de Léo Dias, do jornal O Dia, na semana passada, noticiou que os abadás para o Carnaval de Salvador tiveram queda drástica nas vendas, sendo o maior nome, o Chiclete Com Banana - que oficialmente tem o primeiro Carnaval com novo vocalista, Rafa Chaves - , atingiu uma queda de 40%.

Consta-se que o Carnaval de Salvador vive sua pior crise. Léo Dias, gentil com os brega-popularescos, tenta minimizar e diz que a queda nas vendas se deu por que o Chiclete não encontrou seu caminho próprio com o novo vocalista, já que o antigo, Bell Marques, então praticamente líder absoluto da banda, era também a sua imagem e sua marca.

A axé-music, que chegou a ser hegemônica no Brasil, entre 1997 e 2002, alcançando capitais que lhe eram potencialmente hostis, como Florianópolis e Porto Alegre, vive uma série de escândalos e incidentes, nos últimos anos.

Entre os últimos incidentes, houve a queda de uma arquibancada na apresentação de Saulo Fernandes, no final do ano passado, e a investigação de…

INTELECTUALIDADE "BACANA" NÃO ESCLARECEU SUAS VISÕES SOBRE MACHISMO E RACISMO

Há alguns dias, ando denunciando que a intelectualidade "bacana" que queria bregalizar o país, e que usava a seu bel prazer o rótulo "popular" para expressar seus preconceitos de uma visão "sem preconceitos", no estranho esforço de defender o "estabelecido" no entretenimento popularesco.

Esses intelectuais empastelaram o debate cultural das esquerdas e as fez deixarem de crescer em visibilidade e prestígio. Paulo César de Araújo e Pedro Alexandre Sanches, junto aos mais diversos ideólogos do "funk", fizeram o que queriam: bagunçaram o debate cultural nas esquerdas e correram para os braços dos barões da grande mídia.

Hoje não existe uma coragem para discutirmos os rumos da cultura popular, as esquerdas ficam isoladas para seus gostos pessoais de classe média, tristes porque toda a festiva campanha pró-brega de Sanches e companhia só abriu caminho para as réplicas de Rodrigo Constantino, Rachel Sheherazade e companhia.

Hoje vivemos a v…

APESAR DO 'MARKETING' AMBICIOSO, 89 FM NÃO É OUVIDA POR 'HEADBANGERS'

FÃS DO GUITARRISTA YNGWIE MALMSTEEN, POR EXEMPLO, NEM CHEGAM PERTO DAS ONDAS DA 89 FM. DA RÁDIO CIDADE, MUITO MENOS.

Já rola uma propaganda para mais uma edição brasileira do festival Monsters of Rock, a acontecer na Arena Anhembi, em São Paulo, nos dias 25 e 26 de abril próximos. O evento contará com a nata do rock pesado mundial, como Ozzy Osbourne, Kiss, Manowar, Yngwie Malmsteen, Judas Priest, Accept, entre outros.

Os anúncios do evento já são divulgados, e o logotipo oportunista da rádio 89 FM tenta enganar o público roqueiro, como se a 89 tivesse alguma identificação com as várias tendências do rock, isso tendo locutores que parecem terem saído de testes fracassados para o futuro palhaço Bozo.

O que os executivos da 89 FM - e, por conseguinte, da carioca Rádio Cidade - desconhecem é que o público headbanger não ouve essas rádios. Exigente e desconfiado, o público mal consegue chegar perto do programa do Andreas Kisser, porque até ele tem que se limitar à cartilha da 89 de só toc…

"PHOTOSHOP" DE MARINA RUY BARBOSA FOI ILUSÃO DE ÓTICA

NESTA FOTO, A CINTURA DE MARINA ESTÁ BEM, SÓ A ILUSÃO DE ÓTICA É QUE ENGANOU MUITA GENTE, QUE VIU "FOTOXOP" ONDE NÃO HÁ.

Mais uma polêmica sem sentido nas mídias sociais pode revelar o exagero que a falta de observação pode causar. Hoje foi publicada uma das fotos da atriz Marina Ruy Barbosa (tetraneta do político e escritor Rui Barbosa - antigamente grafado como Ruy - , um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras) para a revista Boa Forma deste mês.

Os comentários ficaram por conta de que a cintura da atriz ficou "fina demais" e que a técnica do Photoshop - programa do Adobe comumente usado para alterar imagens digitalmente - teria exagerado na dose.

No entanto, uma observação muitíssimo cuidadosa feita por mim faz concluir que não houve Photoshop, e que o tal "fotoxop" deve estar mesmo na mente das pessoas. O que ocorreu foi uma grande ilusão de ótica, que podemos esclarecer com o fragmento da foto ampliado.


CASACO ABERTO DEU A FALSA IMPRESSÃO DE …

O EXCESSO DE 'COVERS' DERRUBA ATÉ AS MELHORES MÚSICAS

TIM MAIA TEM UMA SÉRIE DE CLÁSSICOS QUE ESTAMOS CANSADOS DE OUVIR, NÃO POR CULPA DO SAUDOSO ARTISTA.

Dias atrás, o jornalista Luiz Antônio Mello havia escrito um texto revelando estar enjoado de ouvir os maiores clássicos dos Beatles. Ele descreveu que, um dia, ele entrou em um táxi que tocava uma emissora de rádio, e sentiu um mal-estar quando o repertório musical rolou "Let It Be", um dos últimos sucessos do quarteto de Liverpool.

Evidentemente o mal-estar não corresponde ao intérprete em si, mas que as músicas, banalizadas e futilizadas por uma série de apropriações fora do contexto, incluindo regravações sucessivas e sobretudo feitas por canatrões e aventureiros musicais - mais preocupados em dar alô para a plateia do que fazer algo que preste - , perdem sua força expressiva e se tornam cansativas.

O que LAM sentiu vale para todo tipo de música. Ainda embrulha no estômago o "tributo" caça-níqueis que os canastrões Chitãozinho & Xororó fizeram com Tom Jobim,…

INTELECTUAIS PRÓ-BREGA EMPASTELARAM DEBATE SOBRE REFORMISMO SOCIAL

MC GUIMÊ APUNHALOU AS ESQUERDAS PELAS COSTAS.

A intelectualidade de esquerda perdeu uma boa oportunidade de debater a cultura brasileira, Tinha um grande projeto de reformas sociais nas mãos, e uma multidão de grandes intelectuais que nos alertaram sob os abusos cometidos pelo poderio midiático.

No entanto, as esquerdas voltaram a ficarem num quase isolamento, restritas a falar para um público que até agora aderiu ao seu apoio. Mas elas não puderam ter força suficiente para reverter o poderio do baronato midiático e parecem até mesmo adiar a falência de Veja, que acabou se reabilitando pelo escândalo causado pela corrupção da Petrobras.

No plano político, há o erro do Partido dos Trabalhadores se aliar com forças nada confiáveis para buscar vantagens rápidas e imediatas, e hoje sua aliança com o PMDB tem o preço de contar com a atuação do líder do partido na Câmara dos Deputados, o carioca Eduardo Cunha, em franca oposição ao Governo Federal, apesar de ser de um partido não só aliado,…

COM DUPLA TRANSMISSÃO, "SUPER RÁDIO TUPI" ATRASA PAGAMENTOS

O "Aemão de FM" está em crise, às vésperas da Amplitude Modulada se extinguir. Se já começam a evaporar as promessas de que todas as emissoras AM iriam ter algum cantinho no dial de FM, as rádios que conseguiram migrar ou reproduzem o formato (quando programas tipo rádio AM já eram produzidos para o dial FM) não conseguem esconder sua gravíssima crise.

As duas rádios AM cariocas, antes garantias de audiência gigantesca, como a Rádio Globo e a Super Rádio Tupi, andam naufragando no Ibope, fato que nem os falsos dados de audiência - que geralmente multiplicam por até 60 vezes a audiência real, que mal consegue lotar metade de um estádio de futebol - conseguem esconder.

Sua migração para o rádio FM torna-se problemática. No caso da Rádio Globo, o declínio de sua programação, nos últimos anos, na tentativa de "se adaptar" para o FM, usando até um novo lema, "Vamos Juntos", e arrumando espaço nos 98,1 mhz da antiga 98 FM, torna-se uma das maiores queixas dos …

CHLOE GRACE MORETZ CHEGA AOS 18 ANOS COM CARREIRA EM ASCENSÃO

A geração de musas infanto-juvenis se consagra e, em que pese o declínio de algumas delas - como Miley Cyrus, que aderiu à futilidade do show business atual - , algumas atrizes nascidas nos anos 90, como Emma Watson e as irmãs Elle e Dakota Fanning, surpreendem pela inteligência e pelo talento.

Outra que parece seguir esse caminho completa 18 anos hoje. Chloe Grace Moretz, que se revelou como talento em ascensão pelo drama Se Eu Ficar (If I Stay), no ano passado, não parecia ser uma atriz mirim que fizesse muito sucesso, mas na adolescência começou a chamar atenção por trabalhos como A Invenção de Hugo Cabret (Hugo) e Kick Ass 1 e 2.

Chloe Moretz também participou do seriado Um Maluco na TV (30 Rock), e se destaca também como modelo, primeiro para a grife Aeropostale, depois para a marca de bolsas Coach. Ela é reconhecida também por sua beleza deslumbrante, pela voz meiga e pelo admirável par de pernas.

A jovem também é conhecida pelas declarações inteligentes nas suas entrevistas e …

MÍDIA É MUITO BOAZINHA COM OS 30 ANOS DA AXÉ-MUSIC

A grande mídia está celebrando os 30 anos de axé-music falando em promessas de reinvenção desse estilo musical do brega-popularesco, que um dia teve influência totalitária no Brasil, e tenta renegar que o ritmo que alimenta fortunas nos empresários do entretenimento baiano está decadente.

Ainda vamos falar melhor dessa decadência, mas a verdade é que a axé-music, que nunca passou de um mero pop dançante comercial, espécie de tradução baiana e tardia da disco music, sofre uma decadência que salta aos olhos e que a própria mídia é obrigada a confirmar em reportagens.

Denúncias de irregularidades trabalhistas cometidas pelos medalhões da axé-music. Escândalos envolvendo grupos de "pagodão", desde acusações de estupros a alusões racistas ou homofóbicas, isso para não dizer os "proibidões" que os cenários de "pagodão", arrocha e, agora, o "pagofunk", acumulam nos noticiários baianos e até nacionais.

Há que se comentar, sobre o tal "pagofunk&quo…