Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

EIXO RIO-SÃO PAULO E OS PREFEITOS INUSITADOS DAS CAPITAIS

Vinte e cinco anos atrás, havia duas figuras com forte apelo midiático.

Um empresário e um engenheiro, este também pastor evangélico, que na hierarquia evangélica tornou-se "bispo".

João Dória Jr. tornou-se conhecido como apresentador de programa de entrevistas que mostrava apenas gente muito rica e famosos muito badalados entre as elites.

Marcelo Crivella tornou-se célebre como "bispo" da Igreja Universal do Reino de Deus, já dona da Rede Record (comandada pela TV Record paulista, a mais antiga emissora de TV em atividade no país).

Crivella é "braço-direito" do líder maior da IURD, o "bispo" Edir Macedo.

Numa dessas ironias do destino, os dois passaram a ter um destino comum: em 2017 assumirão o governo municipal das duas maiores capitais do país.

Dória Jr., prefeito eleito de São Paulo em primeiro turno, e Crivella, prefeito eleito do Rio de Janeiro no segundo turno, terão o desafio de administrar duas cidades em crise.

São Paulo já não é mai…

89 FM E O REACIONARISMO NO ROCK

Parece coincidência.

Foi só Fernando Haddad ter sido eleito, quatro anos atrás, para a Prefeitura de São Paulo, para a suposta "rádio rock" 89 FM voltar ao ar, abandonando o perfil pop que assumiu desde 2006.

E a 89 FM voltou tão ruim quanto em 2006.

Na programação do "dia do fim do mundo", 21 de dezembro de 2012, uma voz de locutor poperó, tipicamente Jovem Pan, anunciava estranhamente canções de rock.

Algum locutor de dance music encerrando expediente e preparando a transição?

Não. A voz era de ninguém menos que Tatola Godas, o autoproclamado punk, ex-cantor do Não Religião e há anos radialista da conhecida "rádio rock" paulista.

Apesar de toda a fama de "rebelde" e "revolucionária", a 89 FM sempre teve um pano de fundo conservador.

É controlado pela família Camargo, cujo patriarca, José Camargo, foi um político da ARENA e do PDS paulista.

Era ligado ao hoje deputado federal Paulo Maluf, e do mesmo grupo político que teve José Maria…

ANA JÚLIA RIBEIRO E O "MOVIMENTO ME LIVRE DO BRASIL"

ANA JÚLIA RIBEIRO, A QUARTA DA ESQUERDA NA FOTO.

Existem estudantes e estudantes. Os que são progressistas e os que são reacionários.

Nem todo jovem é progressista e, ultimamente, a ação dos midiotas que praticavam trolagem e cyberbullying nos últimos dez anos mostrou o quanto há gente ultraconservadora escondida em corpos juvenis e vocabulário coloquial demais e até chulo.

Gente que age como se fossem punks, gracejando e soltando palavrões, mas em prol de causas que seriam muito mais típicas de adultos reacionários.

Isso derrubou o antigo maniqueísmo que os jovens eram sempre vanguarda e os velhos, retaguarda.

A sociedade é muito complexa para criarmos maniqueísmo entre novos e velhos. Mas isso não é o foco desta postagem.

O que se quer comentar é sobre as ocupações de escolas em várias partes do país, principalmente na cidade de Curitiba, que se mostrou abertamente reacionária nos últimos anos.

Na última semana, destacou-se um discurso de uma jovem estudante, Ana Júlia Ribeiro, secu…

GLOBO NÃO TEM MORAL PARA MOSTRAR REPORTAGENS SOBRE DESEMPREGO

Na última quinta-feira, a Edição das Seis, da Globo News, realizou uma reportagem sobre desemprego.

Nela se falou da conhecida recessão econômica, da necessidade de cortar gastos etc etc etc.

Como veículo de propaganda do governo Temer, a Globo é entusiasta da PEC 241.

Evidentemente, as Organizações Globo fazem parte da frente ampla que promoveu o assalto ao poder, jogando 54,5 milhões de votos no lixo.

Daí a lógica do corte: resolveu ficar apenas com os 367 votos da Câmara dos Deputados, dados em 17 de abril passado, e com os 61 votos do Senado no último 31 de agosto.

Portanto, o presidente Michel Temer é representado por apenas 428 parlamentares.

Praticamente uma prévia da eleição indireta que recolocará um tucano no poder. Neste ano, o Congresso Nacional pôs no poder um peemedebista alinhado com o tucanato.

E aí o otimismo dos comentaristas da Globo News deu uma pausa.

Mostrando caso de desempregadas cariocas fazendo peregrinação para obter trabalho, o noticiário da Globo News ain…

PEC 241 NÃO CURA O MAL MAIOR: OS JUROS DA DÍVIDA PÚBLICA

A JUVENTUDE ESTUDANTIL PROTESTA CONTRA A PEC, COMO NUMA ESCOLA EM BELO HORIZONTE.

A PEC 241 está em tramitação no Senado Federal com altas chances de ser aprovada para ser sancionada pelo presidente da República, Michel Temer.

Temer considera a "peque" o carro-chefe de seu governo.

A mídia venal vai na carona e tenta argumentar as "vantagens" da PEC do Teto.

Usam argumentos confusos, superficiais, contraditórios, que não conseguem esconder os aspectos negativos.

Chegam a dizer que haverá cortes em gastos de infraestrutura e de sustentabilidade ambiental.

Não conseguem dizer se a "peque" é benéfica ou um "mal necessário" para a população.

Não conseguem disfarçar um certo sadismo dizendo que o projeto é apenas para conter "gastos excessivos".

Mas se esquecem, ou ignoram de propósito, de um grande e terrível problema.

A PEC não vai resolver o verdadeiro problema: as dívidas públicas ao Banco Central, cujas taxas são extremamente exagerada…

XANDDY DENUNCIA A "SOLTEIRICE POR CONVENIÊNCIA"

A chamada "cultura popular demais" do brega-popularesco é um terreno pantanoso.

Não sou eu que defino isso, mais gente como Fabíola Reipert e similares.

Atores pagos para "curtirem" ídolos popularescos, intelectuais fazendo teses de Mestrado e Doutorado com a grande de empresas de entretenimento "popular" e tudo o mais.

Atriz dançando o "funk", aparentemente feliz da vida, sem dar conta que no fundo odeia o ritmo e só adere porque precisa se manter em evidência e obter bons papéis de novelas.

O mercado do "popular demais" é tão traiçoeiro que existe até a manipulação do estado civil de certos "artistas" ou "celebridades".

E tinha que ser o "pagodão" baiano a deixar vazar mais um incidente.

Antes tivemos a ex-dançarina do É O Tchan, Scheila Carvalho, comemorando, em 2011, dez anos de casamento com o cantor Tony Salles.

O problema é que Scheila vendia a imagem de "solteira" e "encalhada"…

A DEFESA DE LULA NA ONU E MICHEL TEMER NA CORDA BAMBA

Dois fatos políticos marcaram o dia de ontem.

Um é a aceitação pela ONU da petição dos advogados de defesa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva de que o juiz Sérgio Moro estaria cometendo abusos de poder contra o petista.

O documento enviado para o Comitê de Direitos Humanos da ONU apontou quatro abusos identificados na atuação do juiz paranaense contra Lula:

. a condução coercitiva do dia 4 de março de 2016, completamente fora do previsto na legislação brasileira;

. o vazamento de dados confidenciais para a imprensa;

. a divulgação de gravações, inclusive obtidas de forma illegal;

. o recurso abusivo a prisões temporárias e preventivas para a obtenção de acordos de delação premiado.

A atuação tendenciosa de Moro, que se mostra indiferente com semelhantes incidentes com políticos do PSDB, fez Lula virar réu três vezes e surgiram rumores de que ele seria preso há uma semana.

E provavelmente seria mesmo, se as esquerdas não tivessem estragado a surpresa.

Com a aceitação da ONU ao ped…

JÁ ESTÁ NO FORNO A "PEC DO FIM DO MUNDO"

O caminho para o precipício já está sendo percorrido.

A Câmara dos Deputados aprovou, por 359 contra 116 e duas abstenções, a proposta de emenda da Constituição que prevê limites para gastos públicos.

É a PEC 241, oficialmente apelidada de PEC do Teto.

A vitória só não foi tão grande porque o governo Temer perdeu sete votos para a causa.

Mesmo assim, a sua causa venceu.

Os partidários da "peque" estão felizes. A mídia venal tentava dar argumentos "técnicos" para tentar convencer a opinião pública que a PEC do Teto é "benéfica" para o país.

Segundo a argumentação dos defensores, a "peque" vai "manter" gastos essenciais em Saúde, Educaçao e Assistência Social, apenas irá impor limites aos "excessos".

No entanto, mesmo seus defensores admitem que os investimentos que não serão cortados, como salários de servidores, serão congelados.

Setores como infraestrutura, tecnologia, pesquisas e ciência poderão ter investimentos cortados.

GRANDE MÍDIA MENTIU SOBRE PREÇO DE GASOLINA

Tão zelosa, aparentemente, pelo direito à informação e pela imparcialidade da notícia, a grande imprensa empresarial está dando a publicar mentiras descaradas.

Uma das mais recentes foi a da suposta redução do preço da gasolina, que os jornalistas pró-Temer comemoraram como se fosse um impulso para o crescimento econômico.

Na semana passada, se deu a notícia. A maioria das fontes anunciou uma redução de gasolina em 3,2% e de diesel (combustível usado por caminhões e ônibus), em 2,7%, com o preço caindo em torno de R$ 0,05.

Mas especialistas afirmaram que a redução não chegaria aos consumidores.

A mídia se contradisse, dizendo que a "histórica redução" iria dar a largada e levar a locomotiva do desenvolvimento econômico para funcionar, sobre a "ponte para o futuro" do governo temeroso.

Ou seja, como um crescimento econômico se dará se o consumidor de combustíveis não iria sentir o impacto dos preços?

Foi um grande blefe, e os preços dos combustíveis tiveram aumento…

MICHEL TEMER PREFERE PATROCINAR MBL DO QUE NA MÍDIA PROGRESSISTA

Pelo ponto de vista dominante, os "valentões" das redes sociais "amadureceram".

Das zoadas ainda nos tempos do Orkut, vieram ataques combinados com "amigos" (entra até quem, mesmo não sendo "zoador de carreira", se simpatiza com o valentão da hora) que se evoluíram para voos mais altos.

Eles foram para as ruas gritar "Fora Dilma", abriram caminho para o retrógrado governo de Michel Temer e abocanharam alguns assentos no Legislativo, que passarão a usufruir no ano que vem.

Os "apartidários" do Movimento Brasil Livre, Revoltados On Line, Acorda Brasil, Vem Pra Rua, Endireita Brasil e outros grupos similares agora são patrocinados pelo governo temeroso.

Grande cinismo o do próprio presidente Michel Temer.

Ele deixa de patrocinar, por conta de meros chiliques ideológicos, jornalistas da mídia progressista do nível dos experientes Paulo Henrique Amorim e Luís Nassif.

Mas patrocina os "indignados", acreditando nos jovens…

REDE GLOBO E VEJA "APOIAM" MARCELO FREIXO PARA EVITAR CRESCIMENTO DA RECORD

O jogo político brasileiro é bastante complexo.

Infelizmente, o protagonismo está nas mãos das elites que recentemente compuseram o consórcio político-jurídico-midiático que está atualmente no poder.

Gente com atuação tendenciosa e interesses escusos, voltados para as causas particulares das elites envolvidas.

E neste jogo político, há aparentes imprevistos, como o ex-deputado Eduardo Cunha, antes apoiado pela grande mídia, hoje por ela descartado.

Mas a surpresa mesmo é o suposto apoio da Globo e Veja para a candidatura de Marcelo Freixo para a Prefeitura do Rio de Janeiro.

Não que a mídia patronal passou a cair de amores pelo candidato do PSOL.

É apenas por uma razão puramente estratégica.

É tentar derrotar o candidato rival, o engenheiro e "bispo" Marcelo Crivella.

A Veja publicou na capa de sua edição recente uma foto de Crivella em poses que lembram um prisioneiro fazendo fotos para registro criminal. Que em inglês se chama mugshots.

Crivella tinha um terreno da Igreja…

OPERAÇÃO FOR ALL, PRECONCEITO E PRIVATIZAÇÃO DA "CULTURA POPULAR"

SOLANGE ALMEIDA, DOS AVIÕES DO FORRÓ, NA SAÍDA DE SEU DEPOIMENTO NA POLÍCIA FEDERAL. 

A Operação For All, mais do que um processo de investigação de fraudes e sonegações de ídolos popularescos, irá fazer o Brasil repensar aquilo que, ultimamente, é conhecido como "cultura popular".

Nem casos como o Procure Saber e ECAD/Ana de Hollanda conseguiram chegar a tanto.

Até pouco tempo atrás, tínhamos uma forte blindagem intelectual em volta dos tais sucessos "populares demais" da música brega-popularesca.

O próprio termo "brega-popularesco", que envolve tendências que vão dos primeiros cafonas ao mais escancarado comercialismo musical de hoje, praticamente só existe na Internet.

A imprensa até hoje nunca publicou o termo devidamente.

A ideia é transformar a MPB num "balaio de gatos", numa "casa da Mãe Joana", em que até às mulheres-frutas era prometido o paraíso futuro à direita de Tom Jobim.

O termo "brega-popularesco", que tem cer…

GOVERNO TEMER QUER JOGAR OS PROFESSORES CONTRA OS ALUNOS. E VICE-VERSA

Cinquenta anos depois, a situação se repete.

Estudantes protestam contra o Plano Temer, contra a PEC 241 e outras medidas que irão degradar ainda mais a Educação no país.

Lembra 1966, quando o ministro Flávio Suplicy de Lacerda - do Paraná de Sérgio Moro - lançou um plano de reforma educacional em parceria com a USAID, agência do governo dos EUA.

O acordo MEC-USAID, como foi conhecido, previa, entre outras coisas, a "desideologização" do ensino superior, restringindo-o à formação meramente tecnocrática, sem a formação humanista de visão crítica do mundo.

Previa, também, a privatização das universidades e a expansão da lógica tecnicista para o ensino em geral.

Junte-se a isso a política de arrocho salarial de Otávio Gouveia de Bulhões, ministro da Fazenda, e do endeusado Roberto Campos, do Planejamento, naquele governo do general Castelo Branco.

A União Nacional dos Estudantes, declarada extinta por ato institucional, agia na clandestinidade, se limitando a ser apenas um mov…

PRISÃO DE CUNHA NÃO DEIXA O BRASIL MAIS SEGURO

Quem não se limita a procurar notícias pelo mundo da fantasia da mídia plutocrática, deveria pensar duas vezes antes de sorrir feito um sonhador.

O Brasil está sofrendo um período muito frágil, quando os três poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário, vivem a sua mais aguda crise.

O mesmo em relação ao quarto poder, a mídia, que demonstra furar a fila hierárquica e se comportar como o primeiro dos quatro poderes, praticamente trocando de posição com o Executivo.

A prisão de Eduardo Cunha não é o final de uma era de corrupção política, e nem é o preparativo para a "tão esperada" prisão de Lula.

E nem é uma prova de (suposta) imparcialidade do juiz midiático Sérgio Moro, que mais lembra um tira de Hollywood com feições faciais de Superman.

A prisão de Eduardo Cunha é apenas um jogo político.

Mais parece uma peça retirada do xadrez político, um bispo, por exemplo, para que o competidor que sacrificou sua peça possa fazer xeque ao rei adversário.

A prisão tem por vantagem af…

OPERAÇÃO FOR ALL E O ESGOTAMENTO DE UM MERCADO POPULARESCO

SUCESSO NACIONAL NOS ANOS 90, O É O TCHAN HOJE SE LIMITA AO JÁ RESTRITO E ELITIZADO MERCADO DA AXÉ-MUSIC LOCAL DE SALVADOR.

Há muito o que analisar sobre o caso da Operação For All que investiga fraudes em conjuntos popularescos como os Aviões do Forró.

Não se trata de uma perseguição tipo Sérgio Moro X PT.

Afinal, os estilos como "forró eletrônico", axé-music e "pagodão" baiano se ascenderam sob o apoio de uma estrutura de mídia e entretenimento que sempre apoiou os governos Collor e FHC.

Isso é fato, em que pesem todos os esforços dos barões do entretenimento do Norte-Nordeste e se vincularem ao esquerdismo hoje posto à margem do poder vigente.

É só pesquisar os antigos eventos de "forró eletrônico", "sertanejo" e axé-music e ver quais eram os deputados ou vereadores que patrocinavam tais apresentações.

As esquerdas médias iriam cair da cadeira: políticos do PSDB, PSC, PP, DEM e PRB.

Quando muito, a ala "peemedebizada" do PTB e do PD…

A TARDIA PRISÃO DE EDUARDO CUNHA BALANÇA O BRASIL TEMEROSO

Sim, Eduardo Cunha foi preso.

Estava em Brasília, quando recebeu ordem de prisão de agentes da Polícia Federal.

Foi deslocado para Curitiba, e ficará em prisão preventiva por tempo indeterminado.

A prisão foi determinada pelo midiático juiz Sérgio Moro, que já havia sido criticado duramente por tanta hesitação em prender o ex-deputado.

Afinal, quando as conveniências permitiam, Cunha recebia o apoio da sociedade, da classe política e da mídia.

Num surto de retrocessos ainda vigente no Rio de Janeiro, Cunha foi um dos deputados federais mais votados em 2014, eleito sob o pretexto da "moralidade".

E aí ele foi eleito presidente da Câmara dos Deputados, dentro de uma reciclagem em maioria ultraconservadora dos membros da casa legislativa.

Cunha foi em parte o idealizador do Plano Temer, no que diz a propostas de desmonte das conquistas sociais, através da reforma trabalhista e de ideias socioeducativas afins com a Escola Sem Partido.

Em parte, Cunha é o mentor da PEC 241 e da …

MICHEL TEMER E O OTIMISMO FORA DA REALIDADE

Um governo de faz-de-conta simula um falso progresso econômico para o Brasil.

Michel Temer viajou para Tóquio depois de anunciar uma redução pequena nos preços dos combustíveis, que não trará reflexos profundos na economia.

A mídia associada está zen. Até parece que um perfume de flores contagia as redações da Globo News, por exemplo.

Tudo de repente parece maravilhoso. Temer como um garoto-propaganda da plutocracia, nos contatos com autoridades e investidores estrangeiros.

No encontro de cúpula dos BRICS, várias autoridades viam o presidente brasileiro com apreensão.

Sua ênfase no setor financeiro e suas ideias conservadoras demonstram um grande distanciamento do presidente em relação aos interesses e necessidades das classes populares.

Temer, como presidente sem voto, representado apenas pelos 428 votos do impeachment que tirou Dilma Rousseff do poder, 367 da Câmara dos Deputados e 61 do Senado Federal, não tem o menor carisma popular.

Ele apenas forja um falso carisma, pelo menos …

OPERAÇÃO FOR ALL INVESTIGA FRAUDES E SONEGAÇÃO DO BREGA-POPULARESCO

A chamada "música popular demais" pode estar chegando ao fim de uma era.

É a era em que o jabaculê ameaçava impor sua supremacia absoluta na cultura popular brasileira, condenando nosso rico patrimônio cultural, sobretudo musical, a apodrecer guardado em museus mal-conservados.

A Polícia Federal deflagrou uma operação que investiga fraudes no Imposto de Renda e outras irregularidades, que ganhou o apelido de Operação For All, com base na expressão em inglês que inspirou o termo "forró".

A medida, que a princípio se dirige a investigar fraudes cometidas pela empresa responsável pelo conjunto Aviões do Forró, pretende seguir não só o "forró eletrônico", mas outros estilos musicais.

Os Aviões do Forró e outros três conjuntos, estão sendo investigados na atual etapa. Os cantores dos Aviões, Xand e Solange Almeida, foram convocados para depor.

O grupo é acusado de prestar informações falsas ou omitir informações importantes nas declarações do Imposto de Renda…

A FRUSTRAÇÃO DO SISTEMA JB DE NÃO TER TIDO SUA FLUMINENSE FM

Anteontem vi um grupo de motoqueiros saindo de um quiosque em Gragoatá, Niterói.

Um deles tinha o adesivo da Rádio Cidade (da fase "rock de verdade (sic)") colado em sua moto.

Ver que os órfãos da Rádio Cidade "roqueira" são mais organizados, coesos e perseverantes é muito assustador.

Os da Fluminense FM há muito aceitam que ela está fora do ar e sua frequência deu lugar a uma rádio de notícias.

Em se tratando de um Rio de Janeiro que ainda elege um Bolsonaro no Legislativo e prepara a supremacia musical do "funk'n'sertanejo", espera-se tudo.

Hoje irradia, com um desempenho de audiência razoável, a popularesca Mania FM nos 102,9 mhz.

A Rádio Cidade está "escondida" na Internet, mas praticamente restrita a um vitrolão "roqueiro".

Só que se observa que sua programação sempre foi fraca, restrita aos sucessos, ao hit-parade, entenda-se como um pequeno punhado de músicas.

É constrangedor. Humilhante ver que um grupo como Deep Purpl…