Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2018

RJ-106: MOVIMENTAÇÃO "TRANQUILA", MAS CAUTELOSA E PROBLEMÁTICA

A "AVENIDA DE BAIRRO" A QUE SE REDUZ A RJ-106, EM VÁRZEA DAS MOÇAS, CAUSANDO PROBLEMAS COM A SOBREPOSIÇÃO DE FUNÇÕES NA RODOVIA ESTADUAL.

Continua a novela da RJ-106

O jornal O Fluminense mostrou uma reportagem sobre o problema nas estradas de Niterói, como a RJ-104 e a RJ-106.

Na reportagem, foram descritas queixas dos usuários sobre a qualidade do asfalto, cheia de buracos, e a ampla movimentação dos veículos às borracharias, o que influi na lentidão do trânsito.

O mais irônico é que as queixas envolvem a "avenida de bairro", como a RJ-106 se torna entre Rio do Ouro e Várzea das Moças, dois bairros que não têm avenida própria de ligação.

A comunicação entre os dois bairros é trabalhosa, demorada e onerosa, representando desde gasto de combustível até riscos de acidentes.

Quem vai para a RJ-106 querendo ir rápido para a Região dos Lagos têm que tomar cuidado quando, em Várzea das Moças, encontra um veículo saindo desse bairro.

Muitas vezes o veículo de Várzea das …

TV LINHAÇA - A POSSE DE JAIR BOLSONARO E O BOICOTE DOS PARTIDOS DE ESQUERDA

Fiz uma análise sobre a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro e a polêmica do boicote dos partidos de esquerda.

ALEXANDRE GARCIA E A OPINIÃO COMO MERCADORIA

Ontem foi anunciada a saída do jornalista Alexandre Garcia, um dos astros das Organizações Globo (sobretudo Rede Globo e Globo News), depois de 30 anos na emissora.

A saída foi por decisão dele e Ali Kamel, o chefe de jornalismo da empresa, elogiou e agradeceu a contribuição do comentarista.

O motivo da saída não foi divulgado, mas surgem algumas especulações.

A principal delas é que ele pode se tornar assessor de imprensa do presidente Jair Bolsonaro.

Garcia elogiou a figura de Bolsonaro e atribuiu seu programa de governo como uma "revolução de ideias".

O comentário foi divulgado no Twitter do jornalista e o presidente eleito, agradecido, retribuiu com uma mensagem no mesmo portal social.

Alexandre Garcia foi porta-voz do governo João Figueiredo, durante seu governo.

Ele se projetou como um jornalista que mostrava "trapalhadas" de parlamentares do Congresso Nacional, na TV Manchete, e tentou reeditar, sem o mesmo sucesso, o quadro no Fantástico, assim que estreou…

FABRÍCIO E JAIR BOLSONARO SÃO AFINS ATÉ NA HORA DE DAR ENTREVISTA

A entrevista do ex-assessor da família Bolsonaro, Fabrício José Carlos de Queiroz, ou simplesmente Fabrício Queiroz, deu em nada, como sabemos.

Ele tentou creditar a movimentação financeira estranha e em favor de familiares do presidente eleito a um processo de "compra e venda de carros".

Fabrício, apelidado de "laranja dos Bolsonaro", no entanto, agiu como seu amigo.

Jair Bolsonaro fugiu do último debate entre candidatos à Presidência da República no primeiro turno.

Mas foi entrevistado pela Rede Record TV, em concorrência com o mesmo debate na Rede Globo.

Fabrício Queiroz faltou a dois depoimentos marcados pelo Ministério Público.

Mas deu entrevista ao programa Poder em Foco, do SBT, jornalístico já se despedindo da emissora.

Nessa coisa de correr por fora, os Bolsonaro também recorrem muito às redes sociais.

Não é muito conveniente usar um canal para fugir de outro, o que traz uma reputação pouco confiável do presidente a ser empossado daqui a poucos dias e seu…

FABRÍCIO QUEIROZ APARECEU, MAS SÓ DEU DESCULPAS. E EM EMISSORA CHAPA-BRANCA

Depois de um tempo sumido, o ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro e "amigo de infância" do pai deste, o presidente eleito Jair Bolsonaro, Fabrício José Carlos de Queiroz, resolveu falar.

Ele deu entrevista a Débora Bergamasco, jornalista da Isto É que estava fazendo o programa jornalístico Poder em Foco, no SBT, que está em suas últimas edições.

Mas Fabrício Queiroz não deu grandes revelações sobre as movimentações financeiras "atípicas" em favor de Flávio e da madrasta deste, a futura primeira-dama Michelle Bolsonaro.

As movimentações, no valor de R$ 1,2 milhão, foram identificadas pelo COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), órgão ligado ao Ministério da Fazenda.

Em vez disso, ele veio com uma desculpa.

Disse que as movimentações eram fruto de seus negócios como a compra e venda de carros.

"Eu sou um cara de negócios. Eu faço dinheiro. Eu faço, assim, eu compro, revendo, compro, revendo. Compro carro, revendo carro. Eu sempre fui as…

RJ-106, QUE É "AVENIDA DE BAIRRO" EM NITERÓI, RECEBE GRANDE FLUXO DE VEÍCULOS

O niteroiense médio não gosta que reclamem da falta de avenida própria entre Rio do Ouro e Várzea das Moças.

Terreno existe para isso, mas é só fazer uma cobrança que o niteroiense médio, mais sintonizado no Maracanã do que na terra de Arariboia, ficar arrepiando, forçado a sair de sua zona de conforto.

Infelizmente tendendo a ser uma versão live action do estereótipo fictício do "baiano preguiçoso", o niteroiense médio prefere deixar como está.

A rodovia RJ-106 reduzida a "avenida de bairro" entre os dois bairros, além de veículos saindo de Várzea das Moças e indo perto de Maricá só para pegar retorno para ir a Tribobó.

E o terrenão que deveria ser para nova avenida de Rio do Ouro e Várzea das Moças, que agora é o "Cafubá-Charitas" da vez, existe mas nenhum bom samaritano investe nesse projeto.

E aí temos o crescimento do fluxo de veículos que vão e vem da Região dos Lagos, nesse feriadão de Natal e Ano Novo.

Para quem duvida disso, o próprio jornal O F…

O POPULISMO MARQUETEIRO DE JAIR BOLSONARO E COMPANHIA

Bem que eu desconfiei dessa campanha toda que empurrava a "cultura" brega-popularesca para o esquerdismo.

Sob a desculpa do "combate ao preconceito", forçava-se, nas esquerdas, a aceitação de formas preconceituosas de suposta expressão popular.

Uma retórica de "cultura das periferias", do mito da "pobreza linda", da utopia da "favela feliz", da "prostituição empoderada" e outras bizarrices.

Acreditou-se em tudo isso durante uma década inteira. A intelectualidade "bacana" não tinha contraponto para seu "livre debate" sobre a tal "provocatividade" da "cultura transbrasileira".

Os intelectuais "bacanas" estavam sozinhos. Os microfones abertos eram só para eles. Quem podia se contrapôr a seu discurso não tinha visibilidade, era barrado dos banquetes acadêmicos já nas primeiras inscrições para o mestrado.

Os intelectuais "bacanas", hoje, choram a vitória de Jair Bolsonar…

DESFAZENDO UM MAL ENTENDIDO DE ESMAEL MORAIS

O blogueiro paranaense Esmael Morais cometeu um sério mal entendido.

Citando um comentário irônico do senador Roberto Requião, do PMDB paranaense, Esmael creditou a ele uma proposta "inusitada".

A de que quem revelar o paradeiro de Fabrício Queiroz, o policial que era motorista e assessor de Flávio Bolsonaro e amigo de pesca do pai deste, Jair Bolsonaro, "terá direito à uma bênção de João de Deus".

A mensagem alude ao "médium" goiano preso por diversos crimes, entre eles o de assédio sexual.

Esmael disse que Roberto Requião sugeriu "a benção", quando essa "proposta" veio de um comentário no qual o senador, jocosamente, atribuiu a "grande e poderosa mídia" a suposta sugestão.

É um terrível cacoete das esquerdas se apegarem a certos totens da mídia de centro-direita.

Como no "funk" e no caso do "Espiritismo" que é feito no Brasil.

Até hoje as esquerdas não entendem o reacionarismo de apetite bolsonarista qu…

A IRONIA DO NOME DA BANDA INDONÉSIA ATINGIDA POR MAREMOTO

É muito triste e chocante ver o maremoto (tsunami) atingir tão de repente o palco onde uma banda se apresentava na ocasião, na Indonésia.

A banda Seventeen era uma das mais populares entre o público jovem daquele país asiático.

O vocalista, Riefian "Ifan" Fajarsyah, foi o único sobrevivente. Alguns músicos e membros da equipe técnica ainda estão desaparecidos.

O maremoto foi causado por uma erupção do vulcão Krakatoa, que causou um deslizamento que caiu no mar, causando as ondas gigantes.

Ifan anunciou o fim da banda, em mensagem publicada nas redes sociais. A tragédia comoveu o país.

Ficamos solidários com todos que foram atingidos direta ou indiretamente por essa tragédia. Embora eu nunca ouvi falar da banda, reconheço o quanto é triste essa ocorrência que abala e traumatiza muita gente, como um terrível pesadelo.

Agora, uma irônica curiosidade envolve o nome. Seventeen é "dezessete" em português, o conhecido número 17 que se tornou o número eleitoral de Jair Bo…

TV LINHAÇA - NITERÓI CONTRA O FUMO (NOVA CAMPANHA)

O vídeo tem por objetivo incentivar a redução do número de fumantes em Niterói, para que a cidade não reduza a expectativa de vida.

RÁDIOS DE POP ADULTO NÃO DEIXAM OUVINTE SINTONIZADO COM O QUE OCORRE LÁ FORA NA MÚSICA

Quem ouve as rádios de pop adulto, ou "adulto contemporâneo", está sintonizado com o que ocorre no mundo da música lá fora, certo?
Errado. Aliás, nem as rádios de pop adulto e nem as rádios de pop mais juvenil atualizam e deixam as pessoas conectadas com a música estrangeira que realmente acontece.
No Brasil, aliás, o mercado de músicas radiofônicas não só é selvagem, como bastante ultrapassado, lerdo e repetitivo.
Aqui o que há é uma máfia de editores musicais que é responsável por um punhado de sucessos do hit-parade, que tocam repetitivamente nas FMs.
No Rio de Janeiro, tanto o Estado como a ex-Cidade Maravilhosa, onde o provincianismo chegou como uma terrível pandemia, transformando cariocas e fluminenses em matutos piores que os do Acre, Amapá e Roraima, o hit-parade tornou-se um bolor nos ouvidos.
Há poucos dias, vi um sujeito cantando o sucesso da fase comercial de Tina Turner, "We Don't Need Another Hero", como se fosse novidade.
Só que essas músicas s…

GEORGE SOROS VIROU UM "BOM ESQUERDISTA"?

Em tempos de ameaça extremo-direitista em vários países no mundo, incluindo o Brasil, eis que agora a mídia tenta melhorar a imagem do bilionário e especulador financeiro George Soros.

Suposto ativista e pretenso financiador de movimentos sociais, organizações não-governamentais e veículos de mídia independente, ele foi eleito personalidade do ano de 2018 pela revista Financial Times.

O "neoliberal do bem", espécie de "Luciano Huck da globalização", agora é "repaginado" como um "amigo das esquerdas" e um "legítimo ativista social".

Ele passou a ser tratado como um "bom esquerdista", termo que eu, de maneira crítica, defino os oportunistas do conservadorismo moderado em pegar carona nas causas de esquerda.

Isso porque o "bom esquerdista" parece fazer o dever de aula do pretenso esquerdismo: pautam suas agendas tendenciosas sempre para o lado progressista, mesmo quando interesses financeiros e outros escusos estão em…

O MEDO DOS CONSERVADORES DE VER LULA RECUPERAR O PROTAGONISMO

Ontem o presidente do Supremo Tribunal Federal, José Antônio Dias Toffoli, derrubou mais uma liminar que iria tirar da prisão os condenados em segunda instância.

A liminar seria uma oportunidade para Lula deixar a cadeia, na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde está preso desde abril por motivos políticos.

Sabe-se que os motivos são risíveis: fofocas em torno do triplex do Guarujá. Ultimamente tentam reforçar a criminalização de Lula com outras fofocas, relacionadas ao sítio de Atibaia e a um suposto caso de corrupção na Guiné Equatorial.

A liminar de Marco Aurélio Mello ocorreu pouco mais de cinco meses após outra, movida pelo desembargador Rodrigo Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Assim como esta última, a outra liminar causou pavor na sociedade conservadora que quer manter o faz-de-conta do "combate à corrupção", que tem Lula como "animal capturado".

Soltar Lula seria, em verdade, corrigir as leis diante de tamanha arbitrariedade …

DIAS TOFFOLI CASSA LIMINAR DE MARCO AURÉLIO MELLO. LULA SEGUE PRESO

O presidente do STF, José Antônio Dias Toffoli, derrubou a liminar de Marco Aurélio Mello para libertar presos condenados por segunda instância.

A decisão de Mello abriria caminho para a libertação do ex-presidente Lula que, mais uma vez, tem a prisão mantida e a oportunidade de sair da cadeia cancelada.

Segundo Toffoli, a liminar de Marco Aurélio fica suspensa até que o plenário da corte aprecie a matéria de forma definitiva em 10 de abril de 2019, data determinada pelo presidente do Supremo no começo do próximo ano judiciário.

Toffoli acolheu o recurso movido pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que pediu a suspensão da liminar até que a questão da prisão em segunda instância seja julgada pelo colegiado do Supremo, também no próximo ano.

Toffoli acrescentou que a liminar de Marco Aurélio contrariou o entendimento da decisão tomada pela maioria da corte no julgamento de outros dois processos sobre o mesmo assunto.

Com isso, Lula continua sendo preso político e as elite…

MARCO AURÉLIO MELLO DECIDE SOLTURA DE CONDENADOS EM SEGUNDA INSTÂNCIA, INCLUINDO LULA

Uma notícia foi dada no final desta tarde. O ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, determinou a libertação dos presos que teriam sido condenados em segunda instância.

A decisão veio de uma liminar lançada pelo magistrado, e entre os beneficiados está o ex-presidente Lula, preso desde abril passado.

A possibilidade de Lula sair da prisão foi sinalizada por essa decisão, mas essa questão deve ser tomada com cautela.

Primeiro, porque a liberação dos presos não é imediata, ainda que os advogados de Lula, Cristiano Zanin Martins e Valeska Zanin Martins, se empenhem em pedir a soltura imediata.

Segundo, porque Lula, embora seja um dos líderes mais populares e carismáticos da História do Brasil, também tem seus odiadores (haters).

Terceiro, porque a decisão de Marco Aurélio ainda será apreciada por Dias Toffoli, presidente do STF, que recebeu recurso da Procuradoria-Geral da República contra a soltura.

Toffoli apreciará a decisão em regime de plantão, porque o Judiciári…

COMO UMA SUPOSTA PSICOGRAFIA DE 1932 CHEGOU À VITÓRIA DE JAIR BOLSONARO?

A vitória de Jair Bolsonaro se deu, sabemos, pelo bombardeio de notícias falsas, as fake news, nos perfis do WhatsApp.

Foi um trabalho engenhoso que envolveu uma equipe que manipulou "robôs" para fazer com que postagens pró-Bolsonaro se propagassem nesse portal social popularizado pelos celulares.

CPFs chegaram a ter números gravados para serem usados em "robôs" que, se passando por amigos dos internautas, "recomendavam" postagens favoráveis ao candidato do PSL.

Era esse o método, planejado por Steve Bannon, o publicitário de Donald Trump, para ajudar na vitória de Bolsonaro.

A revista Veja, como pegadinha, não creditou Bolsonaro entre um dos beneficiários da Cambridge Analytica, empresa de Steve Bannon.

Estranhamente a reacionária revista colocou a presidenta do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, como beneficiária, dado que é pura fake news impressa em uma revista da imprensa dita profissional.

Mas essa onda de fake news foi acolhida pelos bras…

VITÓRIA DE JAIR BOLSONARO FEZ CAIR A MÁSCARA "LIBERTÁRIA" DO "FUNK"

Paremos para pensar. Se o Rio de Janeiro contribuiu com peso para as manifestações conservadoras dos últimos anos, então a imagem supostamente libertária do "funk" foi um grande blefe.

Desde que Bia Abramo, ex-jornalista da Bizz, foi, no seu texto sobre "funk" publicado na Fundação Perseu Abramo, defender a "Enfermeira do Funk" em detrimento das profissionais de enfermagem, as esquerdas caíram na falácia de que o "funk" era uma "rebelião de caráter libertário".

Esqueceu Bia que a "Enfermeira do Funk" era empresariada por ninguém menos que o ex-ator Alexandre Frota, hoje bolsonarista eleito deputado federal por São Paulo.

Frota, no entanto, nem chegou a ser esquerdista, como tantos direitistas chegaram a ser outrora.

O "funk" foi uma colcha de retalhos que envolveu paradigmas sonoros, temáticos e comportamentais herdados pela mídia popularesca consumida pelos jovens suburbanos.

Essa mídia popularesca, sobretudo retr…

JAIR BOLSONARO SOFRE CRISE, MAS HÁ QUEM TENHA INGÊNUO OTIMISMO

O governo Jair Bolsonaro só está sofrendo crises e mais crises.

E também com gafes.

A futura ministra da Família, da Mulher e dos Direitos Humanos, Damares Alves, pode dar as mãos ao colega e futuro titular da pasta de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que de sério só tem o visual barbudo.

Damares, evangélica, disse num congresso realizado em sua igreja que viu Jesus Cristo subindo um pé de goiabeira.

Foi quando tinha dez anos de idade.

"Eu estava em cima do pé de goiaba e aconteceu algo extraordinário. Eu vi Jesus se aproximando".

Ela teria aconselhado a Jesus, na época, a não subir na goiabeira pois "ele não sabia" e "poderia se machucar".

A declaração gerou gozações nas redes sociais. Um meme mostrava uma pintura medieval com o rosto de Jesus e a frase, em fonte Impact: "Tenho mais o que fazer".

Enquanto isso, mais uma briga ocorre no PSL, apesar de Jair Bolsonaro apelar para seus membros se manterem unidos.

Dois deputados, um de São Paul…

TV LINHAÇA - NITERÓI NÃO É DONA DA RJ-106

A rodovia RJ-106 é uma rodovia estadual, mas em Niterói ela sofre sobreposição de funções porque serve de "avenida de bairro" para Rio do Ouro e Várzea das Moças, que não têm avenida própria de ligação.

Terreno até existe para isso, mas o poder público não dá a mínima iniciativa neste sentido. Isso tem que mudar.

TRAGÉDIA DE MARIELLE FRANCO INDICA EXISTÊNCIA DE CORONELISMO NO RJ

A tragédia nunca esclarecida de Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, mortos por pistoleiros que estavam em um dos dois carros que perseguiram a vereadora, traz um forte indício.

O de que o Rio de Janeiro tem mesmo um coronelismo nos moldes do que aparentemente só existia no Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Claro que o coronelismo é uma realidade no território fluminense, e o jogo-do-bicho e a milícia adotavam e adotam práticas próprias dos latifundiários do interior do país.

Segundo o secretário de Segurança do Rio de Janeiro, general Richard Nunes, o assassinato de Marielle foi motivado porque ela ameaçaria interesses de milicianos no loteamento de terras no Grande Rio.

O crime não foi esclarecido, e até agora se ventilaram suposições.

O ministro da Segurança Pública do governo Michel Temer, Raul Jungmann, também disse que o crime não foi esclarecido porque "há gente poderosa por trás".

Fala-se até que os atiradores que mataram Marielle e Anderson também já foram…

JAIR BOLSONARO ASSUME: QUER DESQUALIFICAR O EMPREGO DOS BRASILEIROS

Jair Bolsonaro sinalizou, na sua campanha presidencial, que vai eliminar os direitos dos trabalhadores.
Com um discurso chantagista, ele fez uma ameaça às classes trabalhadoras: ou aceitam perder direitos, ou aceitam ficar sem emprego.
Ele não consegue ser sequer sutil, e chega a ser bastante grosseiro e bruto com tais declarações.
Tendo sido eleito presidente da República, Jair Bolsonaro adiantou sua intenção de extinguir o Ministério do Trabalho, o que realizou previamente, ao montar sua equipe ministerial.
Agora o Ministério do Trabalho está distribuído em três pastas, como uma área insignificante e sem a necessária interação entre os vários âmbitos do emprego.
Se vivo estivesse, um "médium espírita" muitíssimo adorado, que usava peruca, óculos escuros e ternos cafonas, acharia isso bom, porque, para ele, "todo ministério é do Trabalho, porque se dedica a uma ocupação dos brasileiros".
Parte das esquerdas ainda adora esse "médium", já falecido, mas el…

O BRASIL NOS CINQUENTA ANOS DO AI-5

ATENTADO EM UMA IGREJA CATÓLICA DE CAMPINAS, QUE CAUSOU CINCO MORTES.

No dia em que se lembra dos 50 anos do AI-5, num contexto em que nos preparamos para encarar o governo ultraconservador de Jair Bolsonaro, incidentes graves vêm à tona.

O quinto ato institucional da ditadura militar a tornava mais rígida, levando adiante o cenário autoritário iniciado em 1964, só que de maneira mais agressiva.

E aí temos o "período 1964" redivivo em Temer e o "AI-5" de Bolsonaro, botando o país à deriva.

Alguns incidentes, então, vêm para trazer reflexão.

Um é a acusação do "médium" João Teixeira de Faria, o João de Deus, latifundiário e charlatão - se dizia curandeiro mas era incapaz de se auto-curar de um câncer - de ter feito assédio sexual contra várias mulheres.

As denúncias de assédio começaram no programa Conversa com Bial, da Rede Globo, uma pauta que surgiu por acaso.

A roteirista e jornalista Camila Appel foi para Abadiânia, Goiás, para convidar o "médium…

WIKIPEDIA EM PORTUGUÊS IGNORA WALDIR SERRÃO E PETE SHELLEY E OMITE OBITUÁRIOS

Dois gigantes do rock tiveram seus obituários ignorados pela edição em português do Wikipedia.

Trata-se do pioneiro do rock baiano, o músico e radialista Waldir Serrão, o Big Ben, e o guitarrista Pete Shelley, um dos membros-fundadores da banda punk britânica Buzzcocks.

Isso é um desrespeito à memória dessas duas figuras muitíssimo influentes.

Um, baiano, contribuiu para os primórdios do Rock Brasileiro.

Outro, inglês, influiu fortemente no cenário independente não só do Reino Unido, mas também mundial.

É até curioso que, entre os dois, há uma ligação: o cantor Marcelo Nova, do Camisa de Vênus.

Nova, roqueiro baiano, por razões óbvias deve a Big Ben a abertura do caminho para a cena local e, em parte, brasileira.

Marcelo Nova também gravou uma música dos Buzzcocks, "I Believe", que ganhou letra em português e virou "O Adventista".

Infelizmente, os Buzzcocks são desprezados no Brasil, e olha que, se não fosse a banda de Pete Shelley, não teríamos grupos hoje conhec…

A PRISÃO DE RODRIGO NEVES E A SITUAÇÃO COMPLICADA DE NITERÓI

Ontem o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, foi preso pela Operação Lava Jato, através de seu desdobramento chamado Operação Alameda.

Pode ser uma prisão política, baseada na delação premiada do empresário Marcelo Traça, em acordo feito com o Ministério Público Federal.

Em todo o caso, Rodrigo é acusado de envolvimento em um esquema de desvio financeiro de R$ 10 milhões do setor de transporte coletivo da cidade.

Rodrigo teria sido responsável por suposto esquema de arrecadação que cobrava uma porcentagem de 20% sobre valores reembolsados por gratuidade nas passagens do transporte municipal.

Também foram presos dois empresários de ônibus: João dos Santos Silva Soares, presidente do consórcio Transnit e sócio da Auto Lotação Ingá e João Carlos Félix Teixeira, que preside o consórcio TransOceânico e também é sócio da Viação Pendotiba.

Outro que foi preso foi Domício Mascarenhas de Andrade, ex-secretário de Obras de Niterói, que teria arrecadado os valores e negociado com representantes …

SOLTEIRAS, NO BRASIL, SÃO INDUZIDAS PELO CORONELISMO MIDIÁTICO A OUVIR MÚSICAS DE VALOR DUVIDOSO

O gosto musical do "popular demais" não é livre. Ele é induzido pelo coronelismo midiático local, que determina o que o "povão" deverá ouvir.

É claro que não estamos aqui fazendo "teoria hipodérmica", tendência crítica da Teoria da Comunicação que via na manipulação do poder midiático algo simplório e bruto.

Teorias posteriores revelaram que existem mecanismos de persuasão do receptor de uma mensagem comunicativa, que envolve o conhecimento das fraquezas emotivas do público.

Neste momento de "lavagem de roupa suja" depois do ridículo "combate ao preconceito" brega que só gerou mais preconceitos - que culminaram na eleição de Jair Bolsonaro - , o coronelismo radiofônico deve ser discutido também sob o âmbito do "popular demais".

A "cultura" brega-popularesca que transformou o povo pobre em caricatura de si mesmo e promoveu mais consumismo que cidadania causou estragos diversos na população.

A intelectualidade "…