Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2019

A BAGUNÇA QUE ESTÁ O BRASIL ONDE TODOS TÊM O "DIREITO DE ERRAR"

Todo mundo erra, é verdade. Mas pelo jeito as pessoas estão errando demais.

Isso está virando um pesadelo, causando mau estar. E isso porque está provocando uma inversão de valores.

Agora, quem demonstra saber, coerência e integridade é que são amaldiçoados na Internet, num meio em que idiotas brincam de ser "intelectuais" para usarem desculpas das mais diversas para proteger suas convicções.

A sordidez mais parece um pré-vestibular para falsos certinhos que se tornam pretensas unanimidades.

Até a Rádio Cidade (102,9 mhz), para chegar a essa fase "mamãe eu quero ser a Fluminense FM" dos últimos meses, cometeu vergonhosos erros que se deixou passar sem crítica.

Ou, se alguém contestava, como eu, os "bolsocidadãos" estavam a postos para fazer sua réplica violenta, enquanto a emissora fazia sua "Jovem Pan com guitarras" para chegar a esse arremedo "correto", a esse pastiche sem alma da Flu FM que se tem hoje nos 102,9 mhz.

É o "espí…

EX-PRESIDENTE LULA PODE IR PARA O REGIME SEMI-ABERTO

Julgamento hoje realizado pela 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça decidiu pela redução da pena contra o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, preso desde 07 de abril de 2018.

A condenação, referente ao caso do triplex do Guarujá, foi mantida, mas a sentença prisional e a multa por reparação de danos foi diminuída, pela unanimidade dos ministros do STF.

A sentença prisional era de nove anos e seis meses de prisão, dada em primeira instância pelo então juiz e hoje ministro da Justiça, Sérgio Moro, em julgamento de primeira instância.

Depois, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região ampliou para doze anos e um mês de prisão.

Agora, o STF estabeleceu a pena para oito anos, dez meses e vinte dias de prisão.

A sentença também possibilita a progressão da pena, com evolução para o regime semi-aberto assim que completarem 17 meses de prisão.

No caso de Lula, os 17 meses se completarão em agosto próximo, o que significa a possibilidade de Lula receber o direito do semi-aberto em setem…

QUANDO A JAQUETA DE COURO SE TORNA CAMISA-DE-FORÇA

A Rádio Cidade, na sua obsessão em querer ser "rádio rock", sempre teve sérios problemas.

Como explicar o fato dela não ter adotado essa linha desde o começo, quando a Eldo Pop era um fenômeno de audiência?

Tardiamente, e movida a um ciúme em relação à Fluminense FM, a Rádio Cidade perseguiu o rock em várias fases: 1985-1988, 1995-1998, 1999-2006, 2014-2016 e, agora, desde fevereiro.

É claro que o carioca médio, que aceita prato feito quando é servido do andar de cima, valendo até sopa com mosca voando sobre a mesma, vai aceitar tudo que a Rádio Cidade lançar em nome do rock.

Os ouvintes "roqueiros" da Rádio Cidade são uns "malas sem alça": não gostam de serem criticados, mas são do tipo de pessoa que somente vê o rock pelo próprio umbigo.

Não conseguem discernir Deep Purple de Black Sabbath, não são capazes de uma boa conversa sobre marcas de guitarra, só ouvem os chamados "grandes sucessos" e, mesmo assim, ficam se achando.

É um narcisismo ar…

A PLUTOCRACIA ESTÁ DECAINDO? DIFÍCIL DIZER...

519 anos depois da pré-inauguração deste país chamado Brasil, que a historiografia oficial chama de "descobrimento", o maior país da América Latina se encontra em situação extremamente frágil.

Estamos entre a expectativa da entrevista com o presidente Lula, e os reflexos do que ocorreu na semana passada, quando o Supremo Tribunal Federal sofreu surtos de autoritarismo e censura.

Isso se deu por conta dos artigos publicados no blogue O Antagonista e na revista Crusoé, ambas de propriedade da empresa Empiricus.

Os veículos haviam noticiado a delação de Marcelo Odebrecht, um dos presos da Operação Lava Jato.

A respeito de uma mensagem do tempo em que José Antônio Dias Toffoli, hoje presidente do STF, era ministro da Advocacia-Geral da União.

Era 2007 e Marcelo Odebrecht mandou um e-mail para dois executivos da famosa empreiteira baiana, Adriano Maia e Irineu Meirelles.

O assunto era o acordo relacionado à ação da empreiteira nas hidrelétricas do rio Madeira, em Rondônia.

"…

TV LINHAÇA - O EFEITO FORER NA LINGUAGEM RADIOFÔNICA

Foi feito um teste simulando uma locução pop tocando uma canção pop e outra de rock para ilustrar o chamado Efeito Forer. Saiba mais vendo esse vídeo.

COM 42 ANOS DE ATRASO, RÁDIO CIDADE QUER "COMPETIR" COM A ELDO POP

A volta da Rádio Cidade "roqueira" ocorreu há cerca de dois meses e meio, mas agora seu marketing começa a pegar.

Dentro da terra de cegos que se tornou o Rio de Janeiro, com cariocas ajudando a construir o golpe de 2016 e abrindo caminho para a tirania das milícias, a Rádio Cidade é "soberana" dentro de um antro de funqueiros e simpatizantes do breganejo.

A emissora voltou com a relativa mudança de prometer tocar um som voltado ao público "jovem / adulto", mais ou menos entre 25 e 49 anos.

Muito blablablá se deu embolando as coisas, dizendo que a Rádio Cidade atual "voltou às origens", "recolocou o rock no mapa radiofônico do RJ" e por aí vai.

A obsessão da Rádio Cidade pelo rock surgiu de uma certa ciumeira com o sucesso da Fluminense FM.

A Cidade contribuiu para enfraquecer a concorrente, como Antonio Salieri contra o gênio Wolfgang Amadeus Mozart. Infelizmente, a "façanha" da Cidade deu certo, e a "fobia" da eq…

NITERÓI INVESTE EM REFLORESTAMENTO

Parece que vem uma boa notícia para Niterói.

Dois projetos para recuperação ambiental devem entrar em andamento em breve, ainda este ano.

Um é o replantio que será feito para substituir árvores consideradas frágeis a partir de um levantamento da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconser), órgão da Prefeitura de Niterói.

Outro é o plano de reflorestamento que atingirá ilhas e áreas em vários bairros praianos, como Charitas, Piratininga, Camboinhas, Itaipu e Itacoatiara.

No primeiro caso, a pesquisa analisará quais as árvores que estão em situação mais delicada, para que elas sejam removidas, evitando o risco de queda que pode destruir muros, carros, outros bens e, ainda por cima, ferir e até matar pessoas.

Atualmente, árvores de uma residência na Rua Coronel Moreira César, na altura dos Supermercados Prezunic, correm o risco de cair e provocar uma tragédia.

No segundo caso, árvores nativas serão replantadas, renovando o ecossistema local.

Em ambos os casos, as …

O SUICÍDIO DE ALAN GARCIA É MAIS UM GRITO QUE ABALA A OPERAÇÃO LAVA JATO

Cerca de um ano e meio depois do suicídio do reitor da Universidade Federal Santa Catarina, Luiz Carlos Cancelier de Olivo, mais um suicídio denuncia os abusos da Operação Lava Jato.

Foi o do ex-presidente do Peru, Alan Garcia, que ao perceber que policiais chegaram a sua casa, na capital do país, Lima, ele deu um tiro na sua cabeça, morrendo depois de ser socorrido no hospital Casimiro Ulloa, perto da residência.

Ele era acusado de suposto envolvimento em esquema de propina da Odebrecht para sua campanha eleitoral de 2006.

Ele teria que atender à ordem de prisão de dez dias, determinada pela Justiça peruana.

Na manhã de ontem, a ordem de prisão foi dada e policiais estavam na área da casa de Garcia, que primeiro ligou para seus advogados.

Aparentemente, supunha-se que Garcia fosse se entregar, mas houve um disparo, cujo som foi notado nos arredores.

Garcia foi socorrido, chegou a ficar em estado crítico, mas morreu, com apenas 69 anos. Faria 70 anos no próximo 23 de maio.

É, portant…

BOLSONARISTA ARREPENDIDO, JOSÉ PADILHA SE DECEPCIONOU COM SÉRGIO MORO

Reviravolta no cenário de respaldo ao governo Jair Bolsonaro.

Antes bolsonarista, José Padilha afirmou sua decepção com o juiz Sérgio Moro, a cada vez mais distante da "heroica" figura que simbolizou artificialmente em 2016.

O cineasta de Tropa de Elite 1 e 2, que chegou a fazer uma série inspirada na Operação Lava Jato, havia chamado o ex-juiz e ministro da Justiça de Jair Bolsonaro de "samurai ronin".

A alegação era de que Moro agia com "independência política", mas Padilha se esqueceu que "ronin" era um tipo de mercenário.

Ontem Padilha escreveu um artigo na Folha de São Paulo dizendo que Moro perdeu sua "independência" e agora trabalha para a família Bolsonaro, que, sabemos, está envolvida com milicianos.

Padilha criticou o "pacote anti-crime" do ministro da Justiça, por ele favorecer o abuso policial e, sobretudo, a ação das milícias.

As milícias são grupos que envolvem policiais civis e militares corruptos que, paralel…

O INCÊNDIO DA CATEDRAL DE NOTRE DAME E O DESCASO CULTURAL DA RETOMADA CONSERVADORA

No contexto da retomada ultraconservadora vigente desde 2016, é irônico que patrimônios históricos e culturais sejam perdidos ou ameaçados.

Lembra o apetite dos medievais em destruir o legado da Antiguidade clássica, não bastasse as batalhas e guerras que já destruíram muita coisa desse período.

Ou, no microcosmo do macrocosmo, os incêndios que fizeram perder muitos acervos de televisão durante a ditadura militar.

O incêndio da Catedral de Notre Dame, em Paris, é comparável ao do Museu Nacional no Rio de Janeiro.

É irônico, também, que, se o Rio de Janeiro se modernizou para se tornar a Paris dos trópicos, a Paris dos últimos tempos decai como se fosse o Rio de Janeiro do Velho Mundo.

O incêndio da catedral de Notre Dame, pelo menos, foi causado, provavelmente, por um acidente num trabalho de reforma do edifício, e seu acervo já havia sido deslocado para um salão em um outro prédio.

Não foi o caso do Museu Nacional, cujo fogo - causado pelo mesmo motivo do trágico incêndio no centro …

JULIAN ASSANGE É O TROFÉU MUNDIAL DA RETOMADA CONSERVADORA 2016

Deixei postagens dedicadas ao Rio de Janeiro para o fim de semana e só deixei para falar do caso Julian Assange hoje.

Ele foi preso há quatro dias, numa ação ilegal da polícia metropolitana britânica, que não podia entrar na Embaixada do Equador, em Londres, que por lei é uma extensão do território equatoriano.

A ação foi ordenada pelos EUA contra o australiano, acusado agora de fazer ciberpirataria, além de pequenas denúncias sob supostas práticas de assédio sexual ou estupro.

Assange se notabilizou quando ele e seu parceiro Bradley Manning - que, após uma cirurgia de mudança de sexo, se rebatizou Chelsea Manning - deixaram vazar no final de 2010 e em 2011 uma série de telegramas e planos secretos das autoridades estadunidenses.

Através do Wikileaks, organização liderada por Assange, essas informações sigilosas foram divulgadas, mostrando os bastidores da supremacia geopolítica dos EUA, com suas diversas mensagens a respeito de posições políticas, ações militares etc.

Isso provocou …

TV LINHAÇA - A DECADÊNCIA PRAGMÁTICA DO RIO DE JANEIRO

É duro admitir, mas o Rio de Janeiro sofre uma decadência sem controle e isso vem da mania de pragmatismo que tomou conta do Estado desde a década de 1990, com uma mania de se contentar com pouco e adotar soluções imediatistas que vão dos retrocessos culturais à segurança militar ou paramilitar.

O RIO DE JANEIRO SE PERDE AO QUERER SOMENTE O "BÁSICO"

Sabemos que é desagradável escrever isso para cariocas e fluminenses, mas em parte eles consentiram com a decadência que o Rio de Janeiro está vivendo nos últimos anos.

Os desastres que acontecem envolvem quase sempre aquela visão pragmática do "não é aquela maravilha, mas até que está bom demais".

Isso inclui até mesmo a adoção de milicianos como "segurança comunitária" e do Exército como arremedo de segurança policial.

Isso influiu nas duas das três tragédias ocorridas na semana que se encerra.

Um músico e segurança, Evaldo Rosa, foi assassinado por militares do Exército no Guadalupe, dentro de um carro que tinha ele e outras pessoas, gente realmente do bem, que ia a um chá-de-bebê de pessoas amigas.

Ontem foi o desabamento de dois prédios na Comunidade da Muzema, em Itanhangá, vizinho ao bairro de Rio das Pedras.

Esse entorno é dominado por milicianos que teriam ordenado a construção, de forma irregular, desses prédios, através de uma imobiliária clandestina qu…

NINGUÉM SABE MAIS O QUE É VANGUARDA OU ALTERNATIVO HOJE EM DIA

HÁ QUEM ACHE QUE DJ ALOK É "ALTERNATIVO".

Numa época em que existe o "tribunal do umbigo", qualquer coisa é definida conforme duas "avaliações".

Uma é a visibilidade da mídia venal, que propaga coisas que a juventude acha serem naturais como o ar que respiramos, como a gíria "balada", mas que fazem parte da perversa novilíngua da mídia fascista, neste caso trazida pela parceria Jovem Pan / Rede Globo.

Outra é o umbiguismo dos fascistas de mainstream, os jovens que patrulham e agridem quem questionar qualquer coisa que faz sucesso. Até torneio de cuspe à distância.

Numa época em que não se pode criticar um espirro dos grupos vocais de J-Pop e K-Pop, os numerosos conjuntos vocais erroneamente chamados de "bandas" (afinal, ninguém lá toca instrumentos), fica complicado ensinar alguma coisa à moçada.

E não é por eu ser careta, não, apesar dos aloprados de plantão, falsamente nerds, ficarem xingando de "Flávio Cavalcânti" qualquer…

O PROBLEMA É O PRAGMATISMO NO RIO DE JANEIRO

NO RIO DE JANEIRO, PESSOAS SOBEM EM UM MURO PARA FUGIR DO ALAGAMENTO NO JARDIM BOTÂNICO.

Depois do temporal que atingiu o Grande Rio, o prefeito da ex-Cidade Maravilhosa, Marcello Crivella, passou a ser o culpado do momento.

Sem querer defender a figura do prefeito, mas ele tornou-se o bode expiatório da ocasião.

Afinal, o problema é longo e vem do descaso que o Rio de Janeiro tem com seu ambiente.

Vem de muitas décadas, mas que piorou consideravelmente após a onda de pragmatismo que arrasou o Rio de Janeiro, na década de 1990.

Foi aí que cariocas e fluminenses passaram a ter o hábito de se contentar com pouco e esquecer seus próprios problemas.

Passou a ter uma inclinação para baixar a qualidade de sua cultura, de seu urbanismo, de sua mobilidade urbana, e até do comportamento padrão da rapaziada, por vezes conformista, por outros agressivo.

É aquela utopia pragmática: menos qualidade, mais resultado.

Como se, piorando as coisas, se mantém apenas o básico, para trazer resultados mais…

O PESADELO CARIOCA RESULTANTE DO PRAGMATISMO E DA ACOMODAÇÃO

Várias coisas sombrias ocorreram no Brasil de hoje, mais precisamente o Rio de Janeiro.

No último domingo, um músico e segurança, Evaldo dos Santos Rosa, foi vítima de um massacre provocado por militares do Exército, em Guadalupe.

Eles alvejaram o carro com mais de 80 tiros. O sogro do músico saiu ferido. No carro, além dos dois, estavam o filho de Evaldo, a esposa dele, Luciana, e uma outra mulher.

Um pedestre que tentou dar socorro às vítimas também ficou ferido.

Luciana pediu socorro aos militares, que reagiram com deboche. Eles achavam que haviam matado um "bandido", mas Evaldo, muito querido na sua comunidade, não tinha antecedentes criminais.

Era um inocente que se somou às estatísticas de centenas de inocentes mortos pela violência carioca.

O incidente ocorreu no mesmo dia que três truculentos homens, num protesto pró-Lava Jato, agrediram uma mulher que atravessava o local e gritou "Lula Livre".

Sob a desculpa de que evitavam que a mulher fosse agredir usan…

O ULTRACOMERCIALISMO QUE AS GERAÇÕES MAIS RECENTES IGNORAM

MC KEVINHO NA APRESENTAÇÃO DO LOLLAPALOOZA CHILE.

As gerações mais recentes, geralmente de até 40, 41 anos, não sabe a diferença do que é comercial e do que não é.

Os chamados millenials, sobretudo, são hipermidiatizados e hipermercantilizados, ou seja, têm uma formação cultural fundamentada no poder midiático e mercadológico que consomem.

São tão mercantilizados e midiatizados que acham tudo natural como se fosse o ar que respiram.

Uns se sentem ofendidos quando se fala, por exemplo, que a gíria "balada" é um jargão da mídia venal (mais especificamente da "franquia" Luciano Huck-Rede Globo-Jovem Pan).

Acham que tudo o que eles consomem é "natural" e até os chicletes de bola nascem em árvore.

Não conseguem perceber que as músicas que ouvem são predominantemente comerciais.

Numa época de saudosismo artificial dos anos 90, em que breguices como É O Tchan, Grupo Molejo e Chitãozinho & Xororó gravando "Evidências" são tidos como cult, fica compl…

PRISÃO DE LULA, CULTURALISMO CONSERVADOR E CRISE NO BRASIL

Ontem foi domingo e, aparentemente, não publiquei um texto ou vídeo refletindo o cumprimento de um ano da prisão do ex-presidente Lula.

Mas ontem à noite estive escrevendo a presente postagem.

No Dia do Jornalista, o Sete de Abril de 2018, o ex-presidente que havia servido de vidraça para os maus jornalistas foi preso.

Eu queria sair um pouco do agenda setting e das informações que já se escrevem muito por aí.

Como, por exemplo, o fato de que a prisão foi arbitrária, as acusações foram infundadas, e serviram para evitar que o ex-presidente concorresse a um novo mandato.

Evidentemente, as esquerdas erraram, nos últimos cinco anos, e creio que por boa-fé, embora com uma grande teimosia em manter certos procedimentos ingênuos.

Aderiram ao culturalismo conservador que, sob a máscara do "combate ao preconceito", veio com o papo da "pobreza linda" através da tal bregalização do "popular demais".

Prostituição "linda", alcoolismo "lindo", com…

TV LINHAÇA - A DECADÊNCIA DE NITERÓI E A ACOMODAÇÃO DOS NITEROIENSES

Niterói acumula uma série de problemas graves, mas o que preocupa é não só a indiferença dos niteroienses quanto a isso, mas a sua falta de interesse em conhecer e combater esses problemas.

GRETA VAN FLEET É MUITO MELHOR QUE GUNS N'ROSES

Sim, é esse mesmo o título desta postagem, já que desde uns 20 anos atrás a banda de Axl Rose, Guns N'Roses, virou a "vaca sagrada" do rock.

Pois decidi ouvir algumas coisas da novata banda Greta Van Fleet (não se lê "Greta", mas "Grita"), a banda estadunidense que está em turnê no Brasil, e realmente reconheço: a banda é muito boa.

Com toda certeza, a banda de Frankenmuth, Michigan, EUA, é fortemente influenciada pelo Led Zeppelin, e isso anda causando muita revolta em parte dos especialistas do rock.

Antes de eu ter alguma posição a respeito, eu pacientemente ouvi o comentário de Régis Tadeu, um crítico que admiro, sobretudo por suas críticas ao brega-popularesco, sobre o Greta Van Fleet.

Régis Tadeu simplesmente DETESTOU o grupo. Eu não adotei posição, mas respeito a opinião dele e admito que ele tenha lá suas razões para não gostar do Greta Van Fleet.

Aí resolvi escutar algumas faixas do Greta Van Fleet e eu simplesmente gostei muito.

As faixas s…

VÃO "GUEVARIZAR" O BONDE DO TIGRÃO?

A declaração de Zeca Dirceu contra o ministro bolsonarista Paulo Guedes, chamando-o de "tchutchuca de uma turma mais privilegiada", abriu um sinal amarelo.

Afinal, toda vez que tem uma crise política no governo plutocrático, o "funk" começa a ser acionado, como o Cabo Anselmo da situação.

É uma espécie de "circo da provocatividade" que se equipara, no âmbito da esquerda, o que as trapalhadas dos ministros de Jair Bolsonaro , sobretudo Damares Alves, Ernesto Araújo e Ricardo Veléz Rodriguez, estão para a direita.

Se bem que até o "sério" Sérgio Moro, tecnocrático como Paulo Guedes, veio com seus erros de pronúncia.

Depois que Sérgio chamou o Estado de Massachusetts (EUA) de "massachutes", ele veio com a pronúncia de "cônjuge" como "conje".

Virou piada e Sérgio Moro ganhou um pejorativo "título de nobreza" de "conje de Massachutes".

Mas voltando ao "funk", o ritmo nunca foi esquerdista, …