Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

MORRE PAULO NOGUEIRA, DO DIÁRIO DO CENTRO DO MUNDO

Morreu ontem um dos jornalistas mais atuantes dos últimos anos, o paulista Paulo Nogueira.

Ele era um dos fundadores do Diário do Centro do Mundo, um dos mais instigantes portais de notícia da atualidade. Sofria de câncer, contra o qual lutava há dez meses.

Nogueira tem experiência na mídia corporativa. Era filho de Emir Nogueira, editor de opinião da Folha de São Paulo.

Formado pela Fundação Casper Líbero, trabalhou em vários periódicos da Editora Abril e conviveu profissionalmente com o empresário Roberto Civita.

Atuou em diversas revistas: Veja, Playboy, Superinteressante, Exame e até a extinta Alfa.

Teve passagens também na Editora Globo, trabalhando na revista Época.

Inicialmente, seu DCM era apenas um blogue. Mas depois virou um portal de notícias.

O papel de destaque do Diário do Centro do Mundo se deu sobretudo em maio de 2016, quando Dilma Rousseff foi afastada do poder.

Já se empenhando como crítico dos abusos da mídia oligárquica, feitos com muito conhecimento de causa por…

DENÚNCIA DE JANOT JÁ ESTÁ NAS MÃOS DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

O governo Michel Temer se arrasta melancolicamente.

Pouco mais de um ano após sua ascensão ao poder, Temer não consegue mais governar.

Ele praticamente entregou seu legado ao Poder Legislativo e as "reformas" são aprovadas aos poucos, criando uma herança amarga e nefasta para o povo brasileiro.

Temer teve sua reputação abalada gravemente pelas denúncias recentes, de Joesley Batista e Rodrigo Janot.

Mais uma vez o PSDB já começa a pensar em desembarque, embora nada houvesse sido divulgado ontem.

Mesmo assim, os tucanos prometeram que, se houvesse nova denúncia, iriam repensar mais uma vez o apoio ao temeroso governo ou o desembarque da base aliada.

Ontem a denúncia de Janot sobre a corrupção do presidente Temer foi entregue à Câmara dos Deputados.

O plenário estava vazio quando o documento foi lido por uma das secretárias da mesa, a deputada Mariana Carvalho, do PSDB de Rondônia.

Apenas 61 deputados estavam no plenário e a leitura durou uma hora e quarenta minutos no começo …

PALÁCIO DA ALVORADA FOI INVADIDO

Um incidente, ainda que um tanto precipitado, dá o tom da indignação contra o governo do presidente Michel Temer, politicamente isolado.

Um possível menor teria pego um automóvel para se dirigir em alta velocidade ao portão do Palácio da Alvorada, em Brasília. O portão foi derrubado.

Cápsulas de armas de fogo foram encontradas no chão. Houve barulho de suposto tiroteio, segundo contou um taxista de nome Rodrigo.

Uma ambulância foi encaminhada para o local.

Tudo isso aconteceu por volta de 19 horas de ontem.

O Palácio da Alvorada chegou a ser residência do presidente Michel Temer, sua esposa Marcela e o filho Michelzinho.

Mas a família voltou para o Palácio do Jaburu, onde antes residia, porque Michel se queixava de "fantasmas" que disse ter visto na residência.

Temer chegou a fazer reforma na residência, contrariando a norma do local, que não permite mudança na mobília e no ambiente.

O rapaz que dirigiu o carro foi conduzido para a Polícia Federal para prestar depoimento. O…

MICHEL TEMER PERDE A CABEÇA DIANTE DA CRISE

Depois de denunciado por corrupção passiva, Michel Temer resolveu partir para cima do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Com base em delações da JBS, Janot lançou a denúncia, que será encaminhada para votação no Congresso Nacional.

A base aliada já começa a pensar no desembarque do temeroso governo.

Consta-se que uma frase bastante ouvida foi "ninguém vai morrer abraçado ao presidente" ou coisa parecida.

Temer tenta se salvar.

O presidente, que confundiu Noruega com Suécia e ainda considera a Rússia "soviética", considerou a denúncia de Janot como "ficção".

Temer ainda afirmou que nem ele nem os seus ministros "serão destruídos".

Recentemente, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, foi pego em uma aventura semelhante à do senador mineiro do PSDB, Zezé Perrella, amigo do colega afastado Aécio Neves.

Um avião com 500 kg de cocaína foi interceptado pela Força Aérea Brasileira e que partiu da Fazenda Itamarati Norte, em Campo Novo dos …

RODRIGO JANOT PREPARA O CREPÚSCULO DE TEMER

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou, ontem, criminalmente o presidente Michel Temer e seu ex-assessor, Rodrigo da Rocha Loures, por corrupção passiva.

A denúncia se baseou em delações de executivos da J&F, administradora do grupo JBS.

A denúncia ainda não significa a abertura do processo contra o presidente.

O Supremo Tribunal Federal não pode iniciar diretamente esse procedimento.

Ele dependerá da homologação da Câmara dos Deputados, que só será feita se houver aprovação de dois terços dos 513 deputados federais.

Mas já é um crepúsculo para um governo que nunca teve qualquer tipo de legitimidade.

Michel Temer até tenta resistir, diz que "não será destruído", que permanecerá no poder até o fim de 2018 e coisa e tal.

Ele tenta até fazer uma agenda positiva, como nesses governos conservadores em ocaso.

É quando o governante abre mão de seu conservadorismo, pelo menos de leve, e tenta alguma proposta progressista, ou quase isso, ou talvez uma caricatu…

A CONFLITUOSA MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO

São Paulo não é mais a cidade dos sonhos da sociedade moderna. Como o Rio de Janeiro também já deixou de ser.

As duas capitais, antes "modelos" de vida urbana, imperfeita mas de alguma forma referencial para o país, sofrem surtos de provincianismo e reacionarismo sócio-político, além de degradação cultural.

A maior blindagem da bregalização veio de intelectuais "bacanas" instalados no eixo Rio-São Paulo.

A decadência do radialismo rock se consolidou quando as duas cidades comandaram o extermínio de rádios de rock surgidas nos anos 80, substituídas pelas "Jovem Pan com guitarras".

A MPB perdeu espaço nas duas capitais tanto para o brega-popularesco quanto para intérpretes "provocativos" que colocam a polêmica acima da música.

Nas duas capitais, também fez florescer o antes improvável movimento de jovens reacionários.

Eu mesmo pude comprovar, e até ser vítima de cyberbullying, de jovens direitistas que mandavam mensagens via Blogger, antes de eu …

O ESTRANHO PROIBIDÃO DE MR. CATRA NA MIRA DA JUSTIÇA

A justiça está investigando um vídeo de uma música do funqueiro midiático Mr. Catra.

É um proibidão que soa estranho para um nome que anda aparecendo nos veículos midiáticos mais acessíveis à família e ao publico infanto-juvenil.

A letra exalta a facção Família do Norte, responsável pela rebelião que causou 60 mortes de detentos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em Manaus.

Segundo reportagem do jornal O Dia, o delegado geral adjunto da Polícia Civil de Manaus, Ivo Martins, vê indícios de apologia ao crime na letra do "funk".

Ele cita alguns membros da facção Família do Norte, conhecidos como "Ronny" e "Coquinho" e ainda incentiva as jovens moças da periferia a se relacionarem com os membros da quadrilha.

"Gatinha, se tu tem sorte, vai ganhar moral com a Família do Norte. Ela é responsa. Ela é presença. Senta devagar com os ‘trafica’ da Compensa (sic)", diz o trecho.

Que Mr. Catra não é lá uma figura muito progressista, isso é verdade, ape…

MICHEL TEMER AFUNDA. MAS, A PROPÓSITO, E O PT?

ISTO É ANDA BEM GROSSEIRA E VIOLENTA COM O EX-PRESIDENTE LULA.

As forças progressistas devem agir com cautela.

Infelizmente, elas não dominam o jogo, que ainda é comandado pela plutocracia.

Estão havendo crises políticas diversas envolvendo PSDB, PMDB e seus "caciques" e políticos destacados.

O governo Michel Temer se desgasta e nem a frágil blindagem de parte da grande mídia consegue salvá-lo.

Mas isso não é motivo de euforia, mas de muita cautela.

Afinal, duas coisas acontecem em favor da plutocracia.

Primeiro, as reformas intragáveis do governo Temer estão praticamente sob tutela do Legislativo.

Temer pode cair que seu legado continuará preservado pelos deputados federais e senadores, que tudo farão para dar mais direitos aos patrões e menos aos empregados.

Segundo, porque o ex-presidente Lula é alvo de uma campanha para tirá-lo da corrida presidencial de 2018.

Não querem um político progressista no Palácio do Planalto.

Terminado o prazo de apresentação de "provas&qu…

A CONFUSÃO IMPERDOÁVEL DO PRESIDENTE MICHEL TEMER

O presidente Michel Temer foi viajar para a Europa para contatos políticos e empresariais.

Normal. Mesmo em crise, é salutar, pelo menos em tese, que um presidente da República vá buscar parcerias políticas e empresariais.

Mas, em se tratando de Michel Temer, a coisa já perde sua validade.

Um presidente sem voto - os brasileiros que votaram em Dilma Rousseff, quase todos, viam o então vice com indiferença - e sem o menor carisma.

Um presidente que teve apenas seus poucos meses de quase popularidade, pelo menos aos olhos da sociedade coxinha-plutocrática que assumiu o poder.

E um presidente comprometido com os retrocessos que trarão prejuízos às classes trabalhadoras, mediante a liberação dos abusos do patronato.

Além disso, é também um presidente afeito a gafes.

Daí uma que ocorreu durante a viagem à Noruega.

Temer se encontrou com a primeira-ministra norueguesa, Erna Solberg, e disse que visitaria o "parlamento brasileiro" e depois se encontraria com o "rei da Suécia&…

ISOLAMENTO DO BAIRRO VILA KOSMOS CONFIRMA SITUAÇÃO DA VIOLÊNCIA CARIOCA

Estranhamente ausente nas listas de cidades mais violentas do Brasil, o Rio de Janeiro mostra uma situação calamitosa.

São ocorrências criminais diárias, em várias partes da cidade, atingindo pessoas de diversas classes sociais.

Policiais e pessoas inocentes foram mortas em diversas ocasiões, causando medo nos demais cariocas.

Em muitos lugares, o toque de recolher chega a ser antes das 19 horas.

Várias escolas públicas são fechadas por causa dos tiroteios e anos letivos são prejudicados com isso.

E, agora, chegou-se ao ponto de um bairro inteiro ser isolado, como se fosse um condomínio fechado.

Investindo em segurança particular, o bairro de Vila Kosmos, localizado na Penha, é monitorado por guaritas e com acesso vigiado.

O isolamento foi autorizado pelo prefeito Marcelo Crivella.

Os moradores do bairro estão cansados de sofrer tantos assaltos, muitos deles à luz do dia.

É surpreendente que as constantes ocorrências da violência carioca, com resultados trágicos, não reflete no ranqu…

O HUMILHANTE APEGO DOS ROQUEIROS AO 'HIT-PARADE'

VERGONHA - COM MUITOS ANOS DE ESTRADA, O AC/DC NÃO PODE SE RESUMIR AO ÚNICO MEGA-SUCESSO "BACK IN BLACK".

É simplesmente humilhante.

O público de rock, gênero que era associado à rebeldia e à insubordinação, no Brasil se entregou à acomodação.

Passaram a ouvir as mesmas músicas, os mesmos intérpretes e ter os mesmos hábitos.

Viraram caricaturas de si mesmos, muitos vestindo camisetas pretas, posando de mau etc.

E fazendo ginástica com a língua, gesto do demônio com a mão, solos de guitarra invisível, o air guitar.

Um público que se tornou comportadinho, quando as coisas lhes vão bem, e reacionário, quando elas lhes vão mal.

O público de rock deixou de se comportar como se comportava há 35 anos.

Passou a ser analfabeto político, passou a ter descaso com os problemas da humanidade, se preocupa mais com a forma que o conteúdo.

Tira onda com camisetas com o rosto de Jimi Hendrix ou o logotipo dos Ramones, mas agem como se fossem fãs de pop dançante.

Falam até as mesmas gírias qu…

O JORNAL NACIONAL E A ESPETACULARIZAÇÃO PROVINCIANA

Abatido por um profundo desgaste de reputação, o Jornal Nacional teve que mudar, em aparência.

Na verdade, o Jornal Nacional virou uma demonstração típica mas sofisticada de showrnalismo.

O programa não mostra necessariamente o mundo cão, mas espetaculariza a notícia de qualquer forma.

Há também a fetichização dos apresentadores, do cenário, da própria marca Jornal Nacional.

A Globo adora fazer autorreverência, seus programas não valem necessariamente pelo conteúdo.

Valem pela embalagem, pelo relize, pela "carta de apresentação".

É como se um livro tivesse seu valor reduzido ao prefácio e à capa.

Isso é um procedimento bastante provinciano e mostra o quanto as elites do Brasil são jecas.

Que o jornalismo comercial faça propaganda de seus programas, ainda vai.

Que haja showrnalismo, sobretudo nos canais da Fox News, vá lá.

É compreensível que certos jornalistas da CNN tenham sua imagem glamourizada nas propagandas.

Mas nada disso se compara ao que faz o Jornal Nacional, que …

O "PERSONALISMO" DA APARELHADA GLOBO NEWS

Nos últimos dias, a Globo News, hoje ideologicamente aparelhada, veicula campanhas de seus programas com alto grau de personalização de seus apresentadores e comentaristas.

Não se trata apenas de apresentar o apresentador, o que seria natural, mas enfatizá-lo como se ele fosse mais importante que a notícia.

Algumas campanhas envolvem programas com William Waack, Cristiana Lobo e tem até o Jornal das Dez.

Essas campanhas enfatizam nomes como Waack, Cristiana, Merval Pereira, Alexandre Garcia e outros como "formadores de opinião".

Não gosto muito dessa glamourização do jornalista.

Essa heroificação, essa imagem do comentarista que personifica a "análise dos fatos", a "informação aprofundada" etc.

Isso até existe no exterior, se vê na CNN, mas é bem mais sutil e discreto.

Na BBC matriz, mais discreto ainda.

Mas no Brasil, há aquela mística do jornalista que "combateu a censura da ditadura militar" que prevaleceu até uns quinze anos após a redemocr…

EMPRESARIADO QUER NOME DO JUDICIÁRIO NA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Segundo informou o noticiário político do jornal carioca O Dia, um poderoso grupo composto pelos maiores empresários do país quer um nome do Judiciário na Presidência da República.

O grupo, constituído de industriais e banqueiros mas também com alguns executivos de mídia, se reuniu em São Paulo para esta finalidade.

Eles apostam na queda de Michel Temer e na substituição de um nome que tenha boas relações no meio político e nas altas cortes do Judiciário.

A princípio, cogitam o nome da ministra Carmen Lúcia, a presidente do Supremo Tribunal Federal.

Mas ela diz que pretende terminar a carreira no Judiciário.

Há a opção de Joaquim Barbosa, que se colocou à disposição, embora a questão não havia sido fechada.

Há também a opção de Eliana Calmon, magistrada baiana, primeira mulher a compor o Superior Tribunal de Justiça e que tentou uma vaga no Senado Federal em 2014, não conseguindo vitória.

A lógica do empresariado é experimentar alguém ligado ao Judiciário para governar o Executivo fe…

A QUEDA DE BRAÇO ENTRE JOESLEY BATISTA E MICHEL TEMER

Uma grande briga vai agitar a vida política nacional.

O empresário Joesley Batista foi entrevistado para a revista Época, reafirmando o que disse no depoimento dado à Polícia Federal, na semana passada.

Ele confirmou as denúncias que havia feito contra o governo Temer, Aécio Neves e outros.

Mas, na Época, ele ainda fez uma revelação bombástica: disse que Temer é o "chefe da ORCRIM", sigla irônica que Joesley inventou para "organização criminosa".

Só que Joesley acrescentou: "chefe da maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil".

Joesley citou até os parceiros desse triste espetáculo: Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima, Wellington Moreira Franco e Eliseu Padilha.

A entrevista ainda vai repercutir, aumentando ainda mais o desgaste do governo Temer.

O temeroso presidente, por sua vez, se sentiu ofendido e ficou bastante irritado com Joesley.

Disse que Joesley é um "bandido notório" e "desfia mentiras em série".

As palavras de Te…

A TERRÍVEL CRISE DO MINISTÉRIO DA CULTURA

Se o governo do presidente Michel Temer é uma coleção de crises graves, a pasta do Ministério da Cultura sofre essa situação até às últimas consequências.

O Ministério da Cultura chegou a ser extinto, rebaixado a uma secretaria do Ministério da Educação.

Houve protestos da classe artística, intelectual e dos movimentos sociais e o Ministério da Cultura foi reativado.

Mas o MinC do governo Temer tinha um ranço mais burocratizado, e restrito ao mainstream das atividades culturais, com ênfase no turismo.

A antiga dinâmica do MinC havia ido embora, afinal é o projeto conservador do governo Temer.

Como Temer inicialmente montou um ministério machista, ele havia tentado, antes de reativar o MinC, chamar mulheres para a então Secretaria de Estado da Cultura.

Várias recusaram, entre elas nomes como Marília Gabriela, que não gostou da oferta, e Bruna Lombardi, que alegou compromissos profissionais.

Quem assumiu o cargo foi outro homem, Marcelo Calero, ex-secretário de Cultura do prefeito cari…

MICHEL TEMER DECIDE FECHAR AS FARMÁCIAS POPULARES

A medida é de deixar muita gente sofrendo um ataque cardíaco.

O presidente Michel Temer anunciou que vai fechar todas as unidades próprias da Farmácia Popular do Brasil até o mês de agosto.

Aparentemente, Temer manterá apenas as parcerias com redes de farmácias privadas, mas não se sabe até que ponto isso se manterá.

A Farmácia Popular do Brasil foi uma iniciativa do governo Lula para vender remédios com até 90% de desconto e, em certos casos, até oferecer remédios gratuitos para pessoas de baixa renda.

Evidentemente, o discurso para o fechamento da Farmácia Popular será este.

"Corte de gastos, reestruturação de pessoal e manutenção de parcerias com as farmácias de iniciativa privada".

O problema é que boa parte das mais de 500 unidades da FPB estavam localizadas em cidades com grande número de pessoas carentes, e situadas em áreas difíceis do interior.

Em muitos casos, as pessoas terão que pegar um transporte para irem à farmácia particular que manterá tal parceria.

Isso s…

O PERIGO DE ATRIBUIR GENIALIDADE À MEDIOCRIDADE MUSICAL DOS ANOS 90

Sabe-se que, nos últimos anos, a mediocridade musical dos anos 1990 virou genial.

Isso não é exclusivo do Brasil.

Nos EUA, o chamado poser metal, que nos anos 80 era tratado como se fosse uma versão roqueira da menudomania, passou a ser adotado como filho bastardo do heavy metal e do classic rock.

O caso do Guns N'Roses, Bon Jovi e Motley Crue são ilustrativos.

No Brasil, são os cantores, duplas ou grupos de "sertanejo" e "pagode romântico" que fizeram sucesso na Era Collor (1989-1992).

Mas às vezes também o forró-brega, a axé-music ou mesmo o compositor Michael Sullivan, que também fizeram sucesso na época, agora são tidos como "geniais".

Não fomos nós que mudamos. Mas a junção de interesses de conveniência aqui e ali.

Não passamos a ver em um Guns N'Roses um "novo Led Zeppelin" ou em Alexandre Pires um "novo Wilson Simonal".

Do mesmo modo, o Molejão não virou o novo "Originais do Samba" e Chitãozinho & Xororó n…

O PERECIMENTO DO GOVERNO TEMER

A corrente semana não apresentou novidades de impacto em relação à decadência que atinge o governo Michel Temer.

Mas apresenta o primeiro óbito entre aqueles que respaldaram o temeroso governo.

Hoje faleceu, aos 63 anos, o jornalista e colunista de O Globo, Jorge Bastos Moreno, que chegou a fazer tietagem ao governante, quando este ainda era interino.

A ex-primeira dama Marisa Letícia Lula da Silva e o ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavaschi, eram personagens remanescentes da Era PT.

Teori foi nomeado durante o primeiro governo da presidenta Dilma Rousseff.

Jorge faleceu de edema no pulmão agravado por complicações cardio-vasculares. Sua última coluna foi publicada em O Globo no dia 10.

Ele era também apresentador de um programa da CBN e outro no Canal Brasil, além de participar frequentemente de programas da Globo News, como comentarista.

O falecimento se deu num período em que Andrea Neves, irmã de Aécio Neves, teve sua prisão mantida, e Sérgio Cabral Filho condenado a…

ALCYMAR MONTEIRO ACENDE A FOGUEIRA DA POLÊMICA FORRÓ x "SERTANEJO"

A situação da música brega-popularesca está a ponto de criar uma monocultura, sob a desculpa da "diversidade".

Isso porque os estilos comerciais da música brasileira, calcados no "popular demais", tendem a invadir espaços que não são seus, mas da MPB e dos ritmos regionais.

A MPB, sobretudo os ritmos regionais de raiz, está perdendo espaço a cada ano, a ponto de parte dos emepebistas compactuar com os ídolos brega-popularescos para continuar se apresentando no interior do país.

Daí os duetos de emepebistas com ídolos brega-popularescos, feitos sob a desculpa de "ruptura do preconceito".

Muitos pensam que é o ídolo brega que está pedindo um lugar nobre no primeiro escalão da MPB.

Nada disso. Não é o ídolo brega o coitadinho da situação, mas o emepebista que aceita gravar com o brega para poder ser inserido em algum festival do interior, Carnaval, festas comemorativas etc.

A música brega-popularesca, ou Música de Cabresto Brasileira, ditada pelas rádios &q…

O INCIDENTE COM MIRIAM LEITÃO DENTRO DE UM AVIÃO

Um incidente envolveu há poucos dias a jornalista das Organizações Globo, Miriam Leitão.

A comentarista do Bom Dia Brasil e apresentadora de um programa da Globo News, entre outras tarefas nos veículos da famiglia Marinho, Miriam narrou um episódio de agressões verbais contra ela na coluna de hoje do jornal O Globo.

Foi num voo, entre Brasília e Rio de Janeiro, num avião da empresa Avianca.

Segundo Miriam, ela passou duas horas constrangida diante de protestos de um grupo de passageiros que dispararam ataques a ela e a Rede Globo.

"Sofri um ataque de violência verbal por parte de delegados do PT dentro de um voo", inicia a jornalista, em sua coluna.

Ela prossegue: "Foram duas horas de gritos, xingamentos, palavras de ordem contra mim e contra a TV Globo. Não eram jovens militantes, eram homens e mulheres representantes partidários. Alguns já em seus cinquenta anos".

Ela vai adiante, narrando a agressão: "Fui ameaçada, tive meu nome achincalhado e fui acusada …

PSDB CONTINUA APOIANDO TEMER, MAS SOB CONDIÇÕES

O PSDB decidiu, na noite de ontem, manter seu apoio ao governo Temer.

Portanto, continua fazendo dobradinha com o PMDB no comando desse governo plutocrata.

Os ministros tucanos do governo Temer permanecem no governo, como Aloysio Nunes, das Relações Exteriores e o ex-prefeito de Salvador, Antônio Imbassahy, na Secretaria de Governo.

Apesar das divergências, os tucanos se reuniram em clima de confraternização.

O discurso adotado era que o partido deveria "trabalhar pelo Brasil".

A reunião contou com vários astros do partido, como José Serra, Geraldo Alckmin e o prefeito de São Paulo, João Dória Jr..

O senador mineiro Antônio Anastasia e os governadores Marconi Perillo, de Goiás, Simão Jatene, do Pará e Beto Richa, do Paraná, também estavam lá.

Todos os ministros tucanos de Temer estavam lá: Aloísio, Imbassahy, Bruno Araújo, das Cidades, e Luislinda Valois, ministra dos Direitos Humanos.

Fernando Henrique Cardoso e o senador afastado Aécio Neves estavam ausentes.

A pauta da r…

A ARROGÂNCIA DO "SERTANEJO" BRASILEIRO

Depois da onda conservadora no âmbito político, é a vez da onda conservadora no âmbito musical.

Estamos falando da "velha MPB dos festivais", "cansada", "idosa" e "complicada"?

Não. Estamos falando do brega-popularesco, que, agora ancorado pelo "sertanejo universitário" e pelo "funk", representam o velho travestido de "novo".

São sucessos "populares demais" que se desgastam facilmente. Em seis meses, já soam mofados.

Para piorar, a música brega-popularesca, ou seja, Música de Cabresto Brasileira, é arrogante, megalomaníaca e não aceita críticas.

Recentemente, a cantora Elba Ramalho, veterana na MPB dos anos 1970, estava preocupada com a escalação de "sertanejos" em eventos comemorativos do São João, durante os festejos juninos.

Ela foi educada em seus comentários, mas reprovou a supremacia dos "sertanejos" nos eventos.

"É um direito do sertanejo estar no São João. Mas a grade de p…