MÚSICO DO ROCK INDEPENDENTE DE SP, FERNANDO NAPORANO GANHA PRÊMIO COM PRIMEIRO LIVRO


Embora premiações sejam sempre discutíveis, às vezes elas são válidas para dar visibilidade a determinadas personalidades. É o que se nota na 8ª edição do Prêmio Quem, que no item Literatura premiou o livro Agonia dos Pássaros, estreia literária de Fernando Naporano.

Apesar de ser seu primeiro livro, Naporano é um veterano muito conhecido dos alternativos paulistanos. Jornalista, radialista e músico, fez parte da equipe da antiga 97 FM, a 97 Rock, de Santo André (ABC paulista), histórica rádio de rock dos anos 1980.

Como músico, Fernando Naporano, especialista em rock alternativo dos anos 1980 até hoje, foi conhecido por integrar a banda Maria Angélica Não Mora Mais Aqui, uma das mais interessantes do cenário independente paulistano.

Naporano também integrou a equipe de jornalistas da fase áurea da revista Bizz (que completa 30 anos de surgimento este ano), numa fase vanguardista mal compreendida e injustiçada, apenas pelo fato dos jornalistas elogiarem bandas que 99% do público leitor nem havia ouvido falar (ou talvez ouviria, se tivesse escutado as rádios autenticamente rock que fazem falta no dial FM de hoje).

O livro é uma seleção de poemas escritos por Fernando Naporano baseado nas experiências cotidianas e que mostram um tom reflexivo. A premiação ocorreu no Rio de Janeiro, no restaurante Cais do Oriente. no Centro.

Quem entregou o prêmio a Naporano foi outro ícone dos anos 80, a encantadora Valéria Monteiro, que felizmente voltou à TV, no canal Viva, e que está a uma semana de completar 50 anos de idade (isso mesmo), com a mesma doçura e beleza de sempre.

Por algum momento, Valéria e Fernando nos fizeram voltar à memória dos anos 1980, que com todos os seus senões, tinha também um cenário cultural e personalidades que buscavam fazer sua parte na valorização dos valores culturais mais relevantes. Muito sucesso a pessoas assim de muito talento.

Comentários