RELATO DE PASSAGEIRO É ALERTA PARA ESQUEMA DE ÔNIBUS A SER IMPLANTADO NO RJ

AV. AYRTON SENNA, QUANDO TINHA TRÂNSITO TRANQUILO, EM MAIO PASSADO.

Foi um fato verídico. Na volta da Bienal do Livro no Rio Centro, quando eu e meu irmão estávamos no ônibus da 368 Rio / Centro / Castelo (via Grajaú), no último dia 04, às 16h30, um passageiro que estava atrás de nós estava telefonando para uma amiga no seu celular.

O ônibus havia passado pela Cidade de Deus e, no congestionamento, pegou a Av. Ayrton Senna no sentido Alvorada e fez um retorno na Av. Abelardo Bueno, tudo com um trânsito muito intenso e bastante lento.

No decorrer da conversa, ele falou que precisaria de alguma carona, porque o Bilhete Único, que conta com duas horas e meia de validade, estava perto do fim, naquele trânsito caótico. e ele não tinha dinheiro para pagar a segunda passagem de volta. Ele falava de maneira calma, mas com ar de alguém preocupado.

É o que se espera em outubro, quando as linhas de ônibus da Zona Norte, em sua grande maioria, deixarão de circular para a Zona Sul fazendo ponto final na já tumultuada Candelária. Vale lembrar que ir do Centro ao Leblon leva mais de duas horas, e certamente o Bilhete Único se esgotará em uma volta de ônibus.

Certo, talvez em certa altura o fascista Alexandre Sansão tente aumentar o limite de horário do cartão eletrônico visando a vitória da chapa de seu chefe, Eduardo Paes (que não poderá mais se candidatar à próxima gestão municipal, tendo que indicar outro sucessor), para a Prefeitura do Rio de Janeiro.

No entanto, isso será insuficiente. porque as ruas da Zona Sul ficam muito congestionadas, principalmente na altura de Urca e Botafogo, em que o trânsito é intenso até fora dos horários de pico. Em tais horários, ficará pior. Mas aí teremos BRT com televisão, depois terá frigobar, couvert artístico, mulheres fazendo pole dance etc etc... Isso com ônibus superlotados! Vá entender...

Comentários