LÁ VEM O BRASIL DESCENDO A LADEIRA


De nada adiantaram os esforços da Justiça.

Wellington Moreira Franco virou mesmo mais um "ministro de secretaria".

O STF alegou que não houve "desvio de finalidade", a de "aprimorar o corpo técnico da equipe" do governo do presidente Michel Temer.

Temer tentou negar que a escolha de Moreira Franco para a Secretaria-Geral da República fosse uma manobra semelhante à de Lula tentar ser ministro da Casa Civil do governo Dilma Rousseff.

O pretexto é de que Moreira já estava no governo, como secretário-executivo do Programa de Participações e Investimentos.

E mais: Moreira Franco manteve foro privilegiado, esquentando ainda mais a rodada de pizza a rodízio que se serve neste banquete político da plutocracia.

E tem o Alexandre de Moraes, que o brasileiro médio vê com serenidade a chance do "sinistro da Justiça" ir para o Supremo Tribunal Federal.

O senador Eduardo Braga (PMDB-AM), relator da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, disse que Moraes tem "boas condições" para assumir o STF.

Mas Alexandre de Moraes, festejado por seus livros sobre Direito Constitucional, é acusado de plagiar o pensador espanhol Francisco Rubio Llorente, além de não apresentar rigor técnico nem profundidade teórica.

E ainda teve um pós-doutorado dado por engano pela Universidade de São Paulo.

Por engano, está registrado que Moraes obteve Pós-Doutorado entre 1997 e 2000, enquanto o de Doutorado foi obtido entre 1998 e 2000.

A assessoria do ministro disse que ele não tem título de Pós-Doutorado e que tal informação teria surgido de um erro de preenchimento da sua secretaria, no currículo Lattes do dito cujo, e que tal erro foi corrigido.

Alexandre de Moraes é um colecionador de problemas que o brasileiro médio, tranquilo, aceitará ver entrar no grupo de ministros do Supremo Tribunal Federal.

E que aceitará, com a mesma serenidade, que Moreira Franco, com muitas citações de envolvimento no esquema de propinas investigado pela Lava Jato, seja um dos homens fortes do governo Temer.

Desde que não seja PT ou coisa parecida, pode-se jogar a ética e a coerência no lixo.

Moraes cotado para ser ministro do STF, Moreira sendo ministro de secretaria de Temer.

Moraes. Moreira. Lembra Novos Baianos, na música "Lá Vem o Brasil Descendo a Ladeira".

O Brasil vive suas gravíssimas crises, seus surtos de violência, suas convulsões sociais.

E com as elites surtando, defendendo a degradação de emprego, matando filhos por causa de heranças ou de opções sexuais inconvencionais, expressando visões machistas e racistas abertamente.

Depois o brasileiro médio vai dizer que o Brasil está vivendo uma fase de ouro.

Vá entender...

Comentários