VITÓRIA INAUGURARÁ O INFERNO ASTRAL DA REDE GLOBO


Foi só a revista Forbes anunciar que os irmãos Marinho estão entre os oito mais ricos do Brasil, que as Organizações Globo passaram a sofrer um inferno astral.

Atores veteranos demitidos, através da não renovação de contrato.

Jornais O Globo e Extra fundindo suas redações e realizando "passaralho" (demissão em massa, no jargão jornalístico).

Jornalistas de TV largando tanto as emissoras do eixo Rio-São Paulo quanto as afiliadas.

E teve a banda de rock Dead Fish chamando a TV Globo de golpista.

O "império global" continua em pé, porque os irmãos Marinho nadam em dinheiro.

Recebem generosas verbas do Governo Federal.

Em boa-fé, os governos Lula e Dilma Rousseff também abasteceram os cofres da Globo, achando que isso a evitaria fazer violenta oposição.

Mas a Globo fez oposição violenta e estimulou o clima de ódio que há nas mídias sociais.

E que criou as condições para esse bagunçado cenário político-jurídico que hoje temos.

Que, diante do estrangulamento dos direitos sociais, sobretudo trabalhistas, teve como resposta uma greve de PMs em Vitória, no Espírito Santo.

O que fez com que a violência aumentasse, sem o policiamento.

E aí a Globo recebeu uma indireta: a afiliada, a Rede Gazeta (sem relação com a TV Gazeta paulista), teve sua sede atingida por vários disparos de arma de calibre 40.

As balas já foram recolhidas para perícia. Não há ainda suspeitas sobre o ato.

Em todo caso, uma representante da Globo no Espírito Santo ser alvo de tiros pode ser coincidência, mas é uma afronta simbólica ao poder "global".

É curioso que, quando há um protesto contra o capitalismo nos grandes fóruns econômicos, a mídia venal inventa que são protestos "contra a globalização".

Um trocadilho ou talvez algum jogo de linguagem chega ao poder da Globo, o "mundo" no qual um país inteiro como o Brasil tem que se subordinar.

A Globo mantém seu poderio, mas já vive um inferno astral.

Ele não atingirá os irmãos Marinho, ocupados com sua vida de luxo.

Porém, chegará a hora que o império das Organizações Globo terá que ceder, pelos abusos que representam seu monopólio na mídia.

Comentários