JENNIFER LAWRENCE COMENTA SOBRE O CASO DAS FOTOS HAQUEADAS


A atriz Jennifer Lawrence, de Jogos Vorazes (The Hunger Games), deu uma entrevista que será publicada na edição de novembro próximo da Vanity Fair norte-americana, comentando sobre as fotos haqueadas dela e de outras mulheres famosas.

"Isso não é um escândalo. É um crime sexual. É uma violação sexual. É nojento. As leis precisam ser mudadas e precisamos mudá-las. É por isso que essas páginas da web são responsáveis. Apenas pelo fato de que alguém pode ser explorado e violado sexualmente, e a primeira ideia que passa nas mentes das pessoas é criar um perfil a partir disso. Isso vai além de mim. Eu não posso imaginar ser destacada assim da humanidade. Não posso imaginar eu sendo descuidada e desprotegida e tão vazia por dentro", disse a atriz.

Ela percebeu que não tem a pedir desculpas em relação ao caso. "Cada vez que eu tentei escrever alo me fez chorar ou ficar zangada. Tentei escrever algum pedido de desculpas, mas nada tenho para escrever a respeito. Eu vivi uma relação amorosa e saudável por quatro anos. Isso faz uma longa distância e, de repente, ou um namorado seu vê pornografia, ou ele olha para você", comenta Jennifer.

Jennifer comenta o show business e dá um recado para as páginas que publicam fotos haqueadas: "Vocês têm uma escolha. Vocês não são obrigados a ser uma pessoa que dedica sua vida a exibir negatividade e mentiras. Vocês podem fazer alguma coisa boa. Vocês podem ser bons. Vamos fazer esta escolha e - se sentir melhor com isso", conclui.

A declaração de Jennifer Lawrence põe a pensar a respeito não só da reprodução indevida de fotos na Internet ou na invasão da privacidade dos famosos, mas também a respeito da chamada "liberdade do corpo" já comentada também por Emma Watson, amiga de Jennifer e da mesma idade: 24 anos.

Afinal, são aspectos que desafiam a mera ideia de liberdade, já que ela também vai contra uma outra ideia de liberdade, que é o direito à privacidade e ao respeito de sua integridade moral, entre outras tantas responsabilidades e deveres. O abuso da liberdade de reprodução, registro ou divulgação de fotos, além da obsessão pelo sensualismo, tornam-se sérios problemas que muitos ainda ignoram.

Sem sermos moralistas, devemos no entanto reconhecer os excessos que o show business, de um lado, e o descontrole dos internautas, de outro, andam fazendo. E que transformam a "cultura do espetáculo" em algo humilhante, monótono e grosseiro, e o caso das fotos haqueadas é um dos casos típicos dessa triste realidade.

Embora alguns vejam Jennifer Lawrence como uma moralista desvairada, ou, no caso de alguns internautas pervertidos, como uma "vagaba metida", ela age em perfeita coerência, e nós aqui a apoiamos completamente nos seus apelos. Algo precisa ter limites. Isso pode desagradar e irritar muita gente, mas, paciência: cometer abusos é sempre nocivo para as pessoas.

Comentários