ECONOMIZE MUITO DINHEIRO EVITANDO O BIG BROTHER BRASIL


Surgiu uma grande oportunidade para quem decidir NÃO VER o Big Brother Brasil 15. Uma oportunidade de ouro, que fará com que uma grande economia de dinheiro fosse garantida, para o bem das famílias que já têm muitos gastos e contas a pagar.

Uma grande opção é desligar a televisão, o que traz uma grande economia de eletricidade. Aconselha-se tirar o plugue da tomada, para que assim a corrente elétrica não passe pelo aparelho doméstico, pois, embora desligado, pode, dependendo do caso, continuar consumindo energia.

Depois, os familiares devem decidir dormir, para renovar as energias numa agradável noite de sono. Sabemos que muitos jovens, ou mesmo crianças e adolescentes, resistem a essa ideia, mas, para quem pode, a opção é sair para a rua e, estando fora de casa, deixar de participar do consumo de energia elétrica.

No entanto, dormir é mais aconselhável, até porque deve-se preparar para a futura jornada de trabalho ou de estudos, que voltará com o BBB 15 ainda em andamento, e é bom se acostumar para não acordar com sono nos primeiros dias de trabalho ou estudos, o que pode comprometer o rendimento e deixar má impressão para professores e patrões (estes, então, poderão despedi-lo).

Imagine o que uma hora perdida de BBB 15, em pouco mais de três meses, pode causar na economia de energia. A conta de energia elétrica não está barata, o reajuste é anunciado em torno de 20%, e por isso não dá para brincar com isso e achar que o medidor de consumo dormirá no ponto de vez em quando.

VANTAGENS

Aliás, para que ver Big Brother Brasil? Se muitas pessoas não conseguem cultivar uma afeição com seus colegas de estudos e trabalho, mal se dispõem em estender pessoalmente a "amizade digital" com seus parceiros no Facebook, para que se preocupar com a vida de nulidades que participarão do riélite televisivo?

São pessoas que, salvo exceções, não têm personalidade, só vão falar bobagens, viver curtições baratas, consumir os bens que lhes estão disponíveis na "casa". Eles não vão fazer coisas diferentes do que você faz na vida, e talvez até piores, porque não é do contexto de atrações televisivas se comportar como se nada acrescentasse à vida de um telespectador.

Talvez seria melhor você considerar aqueles "amigos virtuais" que você "encontra diariamente" nas mídias sociais e cultivar nele uma afeição amiga verdadeira, querer que o contato se estenda para os encontros pessoais, juntar turmas de amigos e combinar encontros.

Seria melhor, da mesma maneira, sentir um entusiasmo pessoal pela pessoa além das "curtidas" que automaticamente faz nas mensagens que os outros publicam. Faltam aqueles grupos sociais que se encontram pessoalmente, não só nos bares, mas para passear, ver lojas de discos, ir a bosques, praias etc.

Por isso, não há como arrumar desculpa para ver Big Brother Brasil. Evitá-lo traz mais benefícios do que se imagina, e, se a pessoa quiser criar afeição a alguém, esqueça os membros do riélite e vá procurar amigos de verdade. Além disso, desligar a televisão traz uma boa economia de energia elétrica, o que pode folgar bastante o orçamento doméstico.

Comentários